[ editar artigo]

Superando os desafios!

Superando os desafios!

Eu sou a Janaina, 31 anos e comecei a empreender em Julho de 2010, quando no fim do curso superior de Educação Física, no período de estágios e relatórios surgiu a oportunidade de abrir uma banca no camelódromo da cidade junto com meu namorado e hoje esposo e sócio, e foi aí que tudo começou.

De uma banca, passamos para duas e três, quando em 2015 abrimos um CNPJ, e nos tornamos uma empresa, com loja física na principal avenida da cidade, a loja de uma porta mais o início de mais um sonho, assim surgiu a “Play Games”, mas ainda permanecemos no camelódromo até hoje.

De repente em 2016, o dono do imóvel pediu para desocuparmos o imóvel antes mesmo de vencer o contrato, então sem planos e sem dinheiro em caixa para ampliar a loja, mudamos para um espaço maior que estamos até hoje e que tem só crescido a cada dia.

Com o tempo, passamos a tornar uma equipe com seis colaboradores,  vi a necessidade de buscar mais conhecimento em 2018, comecei mais um curso superior em “Técnico em gestão financeira”, e no início de 2019 fiquei sabendo através de uma reportagem em rede social sobre uma palestra do Sebrae Mulher, me inscrevi para a palestra, onde passei a conhecer o projeto SEBRAE Delas, e resolvi fazer parte desse grupo de mulheres empreendedoras; e olha que descobri o quanto nós mulheres somos guerreiras, cada uma com suas histórias e seus obstáculos, mas sempre seguindo em frente, não sou muito de falar durante as palestras e workshop já que a timidez toma conta de mim, porém absorvi tantas coisas boas, foram tantos aprendizados, que realmente mudou muito minha vida como empreendedora.  Principalmente quando tive a primeira mentoria, tive o privilégio de ter como Mentora a Sirley, a famosa “Batatinha”, 2019 foi um ano cheio de imprevistos tanto na vida pessoal como na profissional, e a “Batatinha” esteve presente para me orientar, alguns pontos me fizeram crescer muito como empreendedora, aprendi a liderar minha equipe, a ter regras, saber se impor como líder, a me organizar e a reestruturar muitas coisas que estavam esquecidas.

Enfim 2020, um ano cheio de expectativas, planos e mais planos, ideias de expandir, e no meio do que estava sendo planejado surgiu uma pandemia, um vírus desconhecido que tomou conta do mundo inteiro, o comércio fechou, e um desespero do que será amanhã e depois passou a tomar conta de mim. Após 15 longos dias de portas fechadas, saiu um decreto que poderíamos abrir com varias limitações e inúmeras regras. Nesse período surgiu a ideia de fazer entrega delivery, eu já tinha comprado uma moto biz com a ideia de fazer entregas, porém como estava na zona de conforto não colocamos em prática, mas surgiu tudo isso e vamos começar a fazer funcionar... As entregas nos primeiros dias surpreenderam, passamos a vender mais que em dias normais.

Mas agora que vai começar a história... Quero dividir alguns acontecimentos pessoais que fizeram eu parar, refletir, o quanto somos fortes e frágeis ao mesmo tempo, passado o susto da pandemia, o abre e fecha do comércio, os momentos de incertezas, me pego com uma angústia que não passa, um medo desnecessário; resolvo buscar ajuda profissional e sou surpreendida com o diagnóstico de “Depressão com transtorno de ansiedade generalizada (TAG)”, me abalou imensamente, me desestruturou completamente, crises e mais crises de ansiedade, alguns dias sem conseguir sair de casa, a empresa que era o meu refúgio, não me fazia mais bem. Começa as cobranças de quem esta em volta, para melhorar, pois tenho uma família linda, uma empresa para tomar conta, um lar e muitas coisas para ter depressão.

Eis que o SEBRAE Mulher surgi no meio disso tudo com mentorias online, aceitei no mesmo momento que recebi o convite, pois bem, marquei a primeira mentoria com ela, a “Batatinha”, começamos a mentoria online, porém no meio dela não contive as lágrimas pois estava passando por um momento bastante crítico, mas estava com a melhor “mentora” que me compreendeu e passou a fazer parte desse momento junto comigo, tivemos várias trocas de mensagens.

E apesar de tudo, surgi a oportunidade de abrir mais uma loja, mas como no meio de uma pandemia, recorro mais uma vez a “Batatinha” e ela me aconselha uma consultoria, marquei a consultoria. Fui atendida pelo Consultor credenciado do SEBRAE Adriano Rodrigues, me esclareceu algumas dúvidas, citou alguns exemplos a usá-los e vamos encarar esse desafio.

Nasceu a “Shop Cell” no meio de uma crise de ansiedade, de uma pandemia, mas com uma base firme estruturada pelo SEBRAE, no qual só tenho a agradecer pois esta nova loja esta superando todas as nossas expectativas.

Superando tudo com calma, um passo de cada vez e um ano que tem passado como um sopro, cheio de tantas coisas, tenho me encorajado cada vez mais, comecei nesse segundo semestre mais um curso superior “Técnico em Marketing Digital”, me cadastrei em um aplicativo para vendas on-line e está rendendo resultados, as lojas que já tinha também estão caminhando bem (até tem me surpreendido), ah! Tenho conseguido superar a timidez e a ansiedade e estou fazendo a propaganda da loja em um programa de TV da cidade toda a semana... São tantas superações pra quem passou e ainda esta passando por um tratamento de depressão forte que me derrubou completamente, fiquei sem chão com crises de ansiedade que a cada ataque tinha a sensação de NÃO conseguir superar, hoje com a medicação certa e seguindo corretamente o tratamento só tenho a agradeço por tudo isso, por cada conquista até aqui e pelas pessoas que estiveram comigo nesses momentos, minha família, alguns amigos e não posso deixar de mencionar minha mentora.

E o que aprendi com tudo isso? Que ser mulher empreendedora é um desafio constante, que somos fortes, mas não precisamos ser fortes o tempo todo. E se surgir obstáculos e desafios vamos seguir em frente, eles são os degraus para o sucesso.

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você