[ editar artigo]

[Série] Organizando o financeiro - 07

[Série] Organizando o financeiro - 07

Oi pessoal da Comunidade Serviços de Beleza voltamos, neste post vamos apresentar para vocês o DRE (Gerencial) - Demonstrativo de Resultados do Exercício. Desde o início destes nossos encontros até a minha última postagem a de nº 06 só tratamos dos controles de entrada e saída, os quais, são fundamentais para a elaboração do DRE.

Quando falamos em DRE, devemos informar que o mesmo é tratado pelo Regime de Competência, quando ocorre uma despesa ou uma receita, sendo esta, realizada na data da situação que gerou o evento, independentemente de pagamento, ou seja, as minhas vendas estão cobrindo todos os meus custos?

É importante entendermos as diferenças entre Caixa e DRE, pois, de forma simplista o Fluxo de Caixa seria um filme do dia a dia da empresa no qual se vê apenas as entradas e saídas de dinheiro no seu caixa. O DRE (Gerencial) é uma fotografia dos números referente a um determinado período de operação da empresa.

Então vamos ao que interessa, O DRE (gerencial) é uma das ferramentas mais importantes da empresa, pois, possibilita conhecer o resultado obtido naquele período, além de identificar as prováveis causas desse resultado, possibilitando o planejamento das ações que irão melhorar o desempenho da empresa, inclusive a formação dos preços de venda. Quando tratamos de apurar o resultado (lucro ou prejuízo) podemos dizer que é a relação entre as receitas e custos mais despesas, a margem de contribuição, a relação entre despesas e custos fixos e variáveis.

Qual a diferença entre custos e despesas, parecem muito semelhantes, mas,

- Custos: São todos os gastos relacionados a um produto até deixá-lo em condições de vender, ou seja, tudo aquilo que é utilizado para produzir um bem ou serviço ou adquirir um bem para ser vendido. Está diretamente relacionado ao produto/serviço

- Despesas: São todos os gastos que não estão relacionados diretamente com o produto/serviço, mas são necessários para atender a estrutura da sua empresa, ou seja, são gastos para “tocar a empresa adiante”. Não está diretamente relacionado ao processo de produção ou a venda do produto ou serviço

Para fins práticos utilizaremos simplesmente a nomenclatura Custos Fixos e Custos Variáveis, assim, apresentamos de forma muito resumida a estrutura do DRE (gerencial):

 Este post ficou um pouco extenso, mas, precisamos alinhar conceitos para facilitar o entendimento para utilizar o máximo esta ferramenta, acreditem, vocês irão olhar o negócio de vocês de uma outra forma.

Serviços de Beleza

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você