[ editar artigo]

[Dicas] E você, já inovou hoje?

[Dicas] E você, já inovou hoje?

Eu, inovar? Não, isso é coisa de grande empresa e precisa de muito dinheiro!

Se a sua resposta foi essa, tenho a feliz notícia em te dizer que a partir dessa leitura você começará a inovar na sua empresa.

Ao contrário do senso comum e do que muitos empresários imaginam, a inovação é um processo acessível a qualquer tipo de negócio e tamanho de empresa, não dependendo necessariamente de grandes investimentos e que não se restringe apenas a tecnologia.

Com a crise causada pelo coronavírus, os pequenos negócios estão tendo que se reinventar e estão descobrindo na prática que a inovação pode estar muito mais perto do que eles pensam e que ela é cada vez mais importante para agregar valor aos seus cientes e melhorar os resultados dos seus negócios.

Pesquisas do Sebrae mostraram que as empresas que conseguiram inovar foram as que tiveram menos impactos e em alguns casos, conseguiram até mesmo faturar mais na pandemia. Exemplo disso são as vendas online que continuam em alta nos pequenos negócios, onde redes sociais, aplicativos e plataformas de comercialização passaram a fazer parte do seu dia a dia. De acordo com a pesquisa, no final de maio, 59% dos pequenos negócios utilizavam alguns destes canais digitais, hoje esse percentual chega a 67%.

Então, vamos para as dicas de como você pode começar a inovar na sua empresa e melhorar os seus resultados!

Dica 1: Antes de inovar na oferta do seu negócio, conheça as reais necessidades dos seus clientes.

A pandemia do coronavírus mudou o perfil do consumidor, seus hábitos de consumo, impactando seu poder aquisitivo, suas formas de interação e relacionamento e até mesmo sua percepção de valor do que é importante. Diante de tamanho impacto, antes de inovar, o empresário deve pesquisar se o cliente ainda tem interesse de fato no seu produto ou serviço, principalmente na forma como o seu negócio é oferecido. Entender como o seu cliente foi impactado por todas essas mudanças ajudará a pensar em como oferecer seu produto ou serviço de uma forma diferente. É preciso levar em conta que um produto ou serviço só será inovador se ele entregar valor para o consumidor.

Dica 2: Não entre em mais uma onda, ao menos que seja inovando também.

O mundo dos negócios está em constante transformação e, de tempos em tempos, é fácil observar novas modalidades de negócios que surgem de forma inovadora, em um primeiro momento, mas logo saturam o mercado. Se você é o primeiro a surfar na onda, as chances de sucesso são grandes. Mas quando você é apenas mais um a acompanhar aquele movimento, a tendência de fracasso é grande. Por isso, se decidir que vai acompanhar uma das inúmeras “modas” de determinado segmento, saiba que já terá que entrar com alguma inovação para que tenha resultados significantes.

Dica 3: Mantenha-se atento às novidades dentro e fora do seu mercado de atuação.

Mais do que ofertar um novo produto ou serviço no mercado, a forma como você vai oferecê-los pode fazer toda a diferença, trazendo inovação para dentro do seu negócio. Estima-se que mais de 90% de todas as inovações do modelo de negócios simplesmente recombinam ideias e conceitos já existentes em outros setores de atividade. Então, além de olhar para frente, vislumbrando o futuro, não deixe de também olhar para os lados, principalmente para oportunidades que podem estar 'invisíveis" dentro da cadeia de valor do seu negócio.

Dica 4: Oferecer seu produto ou serviço com baixo contato e mais segurança é uma tendência dos negócios.

Outra consequência da pandemia é o receio das pessoas em ter contato com pessoas que estão fora do seu círculo de relacionamento. É uma tendência que o consumidor venha a preferir consumir produtos e serviços de uma forma que transmita uma sensação de segurança ou que possibilitem um contato mínimo. Ao buscar oferecer soluções para ofertar seu produto ou serviço com mais cuidado e mais proteção, você também pode estar inovando. Um exemplo de oferta inovadora que está ganhando espaço no Brasil é o cliente conversar em tempo real com o vendedor que mostra os produtos ao vivo pela internet e o pagamento é feito digitalmente.

Gostou das nossas dicas de hoje sobre inovação? Conta pra gente o que achou aqui nos comentários.

Se você ainda não faz parte da Comunidade Vida de MEI, não perca tempo e vem participar com a gente!

O Sebrae está com atendimento 100% digital neste período. Mesmo de casa, vamos orientar você com relação a sua empresa.

Nos acione através dos seguintes canais:

🔵 WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail 🔵

 

 

Vida de MEI

Comunidade Sebrae
Rodrigo Feyerabend
Rodrigo Feyerabend Seguir

Administrador, Especialista em gestão de projetos, Consultor do Sebrae/PR e Papai do Dudu.

Ler conteúdo completo
Indicados para você