Quem se motiva, inova!
[editar artigo]

Quem se motiva, inova!

Em tempos de crise econômica, que diminui a demanda no mercado e as grandes mudanças tecnológicas que acarretam em alterações no comportamento do consumidor, é difícil se manter um empreendedor motivado, não é?

Os medos que encaramos no dia a dia inúmeras vezes nos impedem de prosperar em todos os sentidos, cortamos investimentos, apertamos o orçamento e ficamos na defensiva à espera de que as coisas “mudem”. Esse é um comportamento normal, até racional, afinal, todos os investimentos de uma vida podem estar em jogo. É normal, portanto, ser cauteloso.

Nas MPEs, o empresário é o empreendedor responsável por fazer e acontecer dentro da organização. Sua visão estratégica precisa ser afiada diariamente de forma a reabastecer sua motivação e gerar resultados a sua empresa. Essa força de propulsão impulsiona sua equipe, seus clientes e quem mais o rodeia. Na minha experiência como Agente Local de Inovação (ALI) tenho notado que essas motivações têm se revelado condição necessária para que empresas se destaquem em meio às adversidades.

O cenário e as mudanças

A Empresa Espaço Fino Cortinas e Decorações está localizada na cidade de Concórdia/SC há 24 anos. Como a maioria das MPEs, sente as dificuldades financeiras do mercado, a falta de mão de obra qualificada, os altos custos de operação e do aumento de competição no setor que transcendeu os limites do comércio físico e desmotivaram algumas empresas.

A fim de tornar o ambiente mais inovador, a gestora buscou conhecimentos específicos na área de gestão e marketing que aliados a palestras, Workshops e acompanhamento da Agente Local de Inovação converteram-se em ações para as dimensões Relacionamento (Que trata sobre a experiência do Cliente), Dimensão Rede (Modo como a empresa conecta-se a seus clientes e facilita a comunicação entre ambos), Dimensão Processos (Modo como são realizadas as atividades e operações internas na empresa), Dimensão Clientes (Pessoas ou organizações que utilizam o produto ou serviço).

Houve uma otimização do espaço físico para exposição dos produtos, alteração e otimização das vitrines que atraiu os olhares de mais consumidores. Reavaliação de custos e despesas e diminuição destes valores sem comprometer a qualidade oferecida pela empresa. As redes sociais receberam mais atenção e passaram a ter conteúdos novos quase que diariamente, um Instagram comercial também foi criado e recebe as mesmas postagens da Fanpage.

Através de um investimento em conteúdo informativo e marketing direcionado houve um aumento de procura pelos produtos e contatos para realização de serviços, a procura na loja física também aumentou o que trouxe bons resultados para a empresa e para a empresária que colhe seus frutos alcançados através da motivação em tornar a ambiência inovadora e as mudanças constantes itens imprescindíveis para o dia a dia empreendedor da sua empresa.

 

O aprendizado

É inevitável às vezes passarmos por tempos difíceis no mercado, mas em geral eles vêm para testar o quão melhores nós podemos nos tornar além do que já somos. O empreendedorismo é uma virtude, exige esforço, persistência, planejamento e, claro, motivação! As empresas precisam acreditar em seu potencial e buscar constantemente reavaliar suas operações a fim de otimizá-las e adequá-las ao cenário em que está inserida, a busca por conhecimento externo é uma aliada, mas o grande propulsor é você empresário que tem nas mãos as ferramentas para fazer e dar certo. Assim, quero dizer o seguinte a você que me acompanhou até o final deste artigo, não se esqueça: Quem se motiva, se inspira, se renova e inova!

Andréia Figueirola
Andréia Figueirola Seguir

ALI - Sebrae / CNPq Tecnóloga em Logística, apaixonada por Marketing Digital.

Continue lendo
Indicados para você