[editar artigo]

6 Análises Financeiras a partir do seu Fluxo de Caixa

O relatório de Fluxo de Caixa é o braço direito do empreendedor.

Ali está o filme do seu negócio. De onde veio o dinheiro e para onde foi.

E por mais que você tenha todos os controles e relatórios financeiros, nem sempre é fácil analisar esses números e tomar decisões.

Então neste post vou dar alguns caminhos para você seguir em sua análise.

[Atenção! Este conteúdo será útil para quem já possui um controle financeiro e algum tipo de relatório dos números. Se você ainda não tem estas informações prontas, você dificilmente conseguirá realizar as análises a seguir, ok?]

1. As receitas e os custos variáveis tendem a “caminhar” juntos.

Assim, se sua receita cair, teoricamente o custo variável deve cair também e vice-versa.

Se a sua receita está estável, mas o custo variável está subindo, pode significar algum problema.

2. A Margem de Contribuição deve ser monitorada de perto

Margem de Contribuição é um conceito extremamente importante para o cálculo do Ponto de Equilíbrio da empresa (confira sobre Ponto de Equilíbrio aqui) e por isso deve ser monitorada!

Você precisa entender qual é a sua Margem de Contribuição ideal (a partir dos preços x custos dos produtos) e comparar com a Margem real (aquela apresentada no Fluxo de Caixa).

Esta simples análise vai lhe indicar sua eficiência nas vendas e nos custos variáveis.

3. As despesas fixas devem se manter regulares no decorrer do período

Um aumento de 30%, por exemplo, nas despesas fixas tende a não ser normal.

4. Atente-se ao salário dos sócios

É muito comum o salário dos sócios estar elevado demais em relação as receitas, principalmente se sua empresa não separa as finanças pessoais das finanças empresariais.

Pode ser que você esteja boicotando a própria empresa!

5. O seu lucro operacional sempre tem que ser positivo

O Lucro Operacional é o resultado do negócio antes de pagar empréstimos, juros e outras saídas não operacionais.

Se este valor estiver negativo, significa que sua operação não está funcionando!

6. Entenda o Grau de Alavancagem Operacional do negócio

Um aumento na receita, aumenta mais que proporcionalmente o seu lucro. E vice-versa. Ou seja, se você diminui sua receita em 10%, talvez seu lucro caia em 50% (cada empresa é um cálculo). Isto se chama grau de alavancagem operacional.

Você e sua equipe entenderem estes conceitos é fundamental para o seu negócio!

--

É claro que quando falamos de análises financeiras, existem muuuito mais coisas a serem olhadas.

Mas se você analisar e estiver atento aos 6 tópicos acima, com certeza você enxergará melhorias no seu negócio!

Se tiver dúvidas e/ou comentários, escreve abaixo! Será um prazer lhe ajudar ;)

Clube Sebrae
Continue lendo
Indicados para você