[ editar artigo]

7 dicas de comportamento para pequenas empresas nas redes sociais

7 dicas de comportamento para pequenas empresas nas redes sociais

A popularidade das redes socias não é mais novidade para ninguém. Eu já comentei aqui um pouquinho sobre a grande oportunidade de negócio e de fortalecimento de marca que as marcas encontram nessas ferramentas digitais. Então se sua empresa ainda não está nas redes sociais, seus concorrentes com certeza estão ocupando um espaço que poderia ser seu!

Mas não basta criar uma fanpage no Facebook ou um perfil no Instagram se não souber como gerenciar a página e nutri-la com informações que sejam relevantes, de maneira que atraia a atenção e pareça profissional ao mesmo tempo.

Sendo assim, acompanhe esse post e aprenda algumas "dicas de etiqueta" para utilizar as redes sociais da sua empresa de forma agradável e apropriada ;)

1 - Conheça seu público

Esse é o quesito básico para você saber como deve se comportar nas redes sociais, e até mesmo em qual rede social deve marcar presença. É seu público que vai te direcionar em todas as opções, por isso é fundamental que você o conheça da melhor forma possível.

Saiba em quais redes sociais ele está ativo, entenda qual é sua linguagem, quais gírias ele utiliza, o que ele espera da sua marca, como ele interage com outras empresas, como se comporta etc. Quanto mais informações você tiver sobre ele, mais fácil vai conseguir interagir e fazer-se presente em sua memória.

2 - Seja fiel à sua identidade

A identidade da sua marca precisa ser uma, seja online ou offline. Ou seja, sua missão, visão e valores valem também para sua imagem na internet.

Procure manter o mesmo padrão estético de tudo o que for relacionado à marca. Desde a fachada da loja, passando pelos cartões de visitas, sacolas plásticas, até suas ações nas redes sociais. Isso facilita a identificação por parte do consumidor e resgata em sua memória o conhecimento que ele já tem sobre a empresa.

Mas além do visual, é importante manter ainda a postura da empresa. Se no dia a dia seu negócio é mais formal, centrado e sério, não é bacana fugir muito disso nas redes sociais.

3 - Fique atento à gramática!

Por mais descontraída que seja a linguagem escolhida pela sua empresa, erros de gramática pegam mal.

É a credibilidade da sua marca que está em jogo, e qualquer deslize pode virar motivo de piadinhas maldosas. Então, preste bastante atenção no momento de escrever a publicação e revise bem antes de publicá-la. Se possível, peça pra outra pessoa ler seu texto, por estar em contato constante com as palavras, podemos acabar deixando algum errinho passar batido.

4 - Não se envolva com política

Independente de qual seja o seu posicionamento político, ou do seu sócio, ou da pessoa responsável pelas suas publicações, tenha sempre em mente que seus clientes podem não partilhar da mesma informação que você.

Então evite envolver política ou assuntos polêmicos nas suas publicações, a não ser que você realmente queira excluir parte do público.

5 - Mantenha a calma sempre

A internet é um espaço livre e a sensação de anonimato, muitas vezes, leva as pessoas a fazerem comentários maldosos e prejudiciais à empresa, mesmo que não seja verdade.

Ao responder esse tipo de comentário lembre-se de que você tem uma grande plateia, e procure ser o mais gentil e educado possível. Tente dar uma satisfação pública para a pessoa que deixou o comentário, mas converse melhor com ela em privado para resolver a situação.

Para saber melhor como lidar com avaliações negativas, leia mais.

6 - Verifique a procedência das informações

O marketing de conteúdo é uma estratégia muito bacana de ser utilizada e você não precisa, necessariamente, produzir o seu próprio conteúdo. Blogs que são referência no seu ramo e portais de notícia podem ser boas fontes de informação, desde que você se assegure de que tudo o que está sendo dito ali é verdade.

Muitas empresas querem pegar uma carona no assunto do momento e acabam compartilhando informações sem saber da sua procedência. Compartilhe apenas o que for 100% confiável.

7 - Utilize emojis (com moderação)

Os emojis (aquele rostinho sorrindo e todos os outros símbolos) estão sendo considerados uma nova linguagem. Pra você ter uma ideia da dimensão, o dicionário Oxford elege anualmente a "palavra do ano", e em 2015 foi a primeira vez em que essa palavra não foi bem uma palavra, mas sim um emoji. A imagem de uma carinha com lágrimas de alegria foi a vencedora.

Os emojis servem para expressar emoção, e quando uma marca faz uso deles, ela se torna mais humana e pessoal. Além de que eles trazer cor e deixam os textos mais atrativos.

Mas como tudo na vida, a utilização dos emojis também precisa de cautela. Não saia usando uma infinidade de emojis apenas porque "é tendência". Entenda o significado de cada um deles e utilize aplique aquele que achar ideal e que agrega valor, emoção ou sentido à mensagem que você quer transmitir.

Agora ficou mais fácil gerenciar as redes sociais do seu negócio? Espero que sim :) É só colocar a mão na massa!

E caso precise de ajuda para trabalhar com o marketing digital da sua empresa, entre em contato com o Elefante Verde/Hubify! Podemos te ajudar ;)

Estamos nas 3 maiores cidades do Paraná, confira:

Curitiba: Rua Santa Catarina, 65, sala 1211B - Água Verde | (41) 3039-5123 ou (41) 99740- 7051

Londrina: Rua Paranaguá, 655 - Centro | (43) 3020-3373 ou (43) 99863-7485

Maringá: Rua Piratininga, 808 - Zona 01 | (44) 4141-5789 ou (44) 997077798

Clube Sebrae
Thaís Verdério
Thaís Verdério Seguir

Analista de Marketing na empresa Evolução Digital - Consultoria, treinamentos e marketing digital para microempresas, autônomos e MEIs.

Ler matéria completa
Indicados para você