[ editar artigo]

A personalização do cliente no varejo da moda

A personalização do cliente no varejo da moda

No post da Vera Moraes – (Tendências do varejo para 2016 http://clubesebrae.com.br/blog/tendencias-do-varejo-para-2016 ), ela mencionou algumas tendências do varejo. Um dos itens destacados foi a popular personalização do cliente.

Ela comentou que atualmente apenas 37 por cento dos varejistas usam dados internos e externos para criar uma visão 360 graus do cliente e isso é muito preocupante quando analisamos as lojas físicas do varejo da moda.

Podemos definir a personalização do cliente como uma forma de direcionar a visibilidade da sua empresa ou de um produto para um grupo de clientes segmentados utilizando de estratégias e tecnologias. O grande diferencial dessa personalização é o fato de você conseguir atrair a atenção do consumidor de acordo com o interesse dele.

Como fazer e por onde começar?

Vou compartilhar algumas práticas realizar uma personalização a partir da base de clientes que você já possui.

1) Segmente o mercado que a sua empresa atua: dados mundiais mostram que a moda feminina representa 50% do consumo do setor do vestuário e acessórios e a masculina 30% e você atua com qual segmento?

2) Tenha uma base de clientes para você começar a construir um relacionamento, para isso, possuir o endereço de e-mail é fundamental, pois ele será a chave para você dar escala na personalização. Lembre-se que nem sempre uma boa base de clientes é medida pela quantidade, mas sim pela aderência a sua segmentação de mercado.

3) Pesquise e conheça bem seu cliente: para personalização, você precisa ser tipo “o melhor amigo” do seu cliente conhecendo seu comportamento e suas preferências pessoais. Essa etapa é fundamental, pois ela permitirá que você inicie a personalização. As mídias sociais também podem revelar bastante infirmação sobre seus seguidores/clientes.

Dica de ferramenta: que tal usar o Google Forms? https://www.google.com/forms

4) Utilize o e-mail marketing para iniciar as interações com seu cliente. Antes de tudo, defina o objetivo dessa interação. Quanto mais personalizada, melhor! O conteúdo, a abordagem e o visual são fundamentais na personalização. O assunto do e-mail faz muita diferença, é o que pode pesar mais entre abrir e deletar um e-mail.

Dica de ferramenta: http://mailchimp.com

5) Monitore e comece aos poucos: vá com calma, faça testes, comece com pequenos grupos de Clientes, inicie com aqueles que você conhece melhor. Defina metas e monitore os resultados, segundo o mailchimp 25% de abertura de e-mails no varejo é a média.

6) Prepare seu atendimento presencial, alinhe com sua equipe todas as campanhas para que a personalização possa ser concluída no contato presencial, é fundamental a coerência em todos os seus canais de atendimento!

E aí, #partiupersonalizaçãodocliente

Clube Sebrae
João Luis Moura
João Luis Moura Seguir

Consultor - Sebrae

Ler matéria completa
Indicados para você