[ editar artigo]

As dez tendências de transformação digital para os negócios

As dez tendências de transformação digital para os negócios

Vivemos um processo constante de transformação digital em que estamos nos habituando e descobrindo, a cada dia, algo inovador. Da mesma maneira que este novo mundo causa estranhamento, medo e dúvidas, é, também, fascinante, estimulante e pode ajudar a trazer muitos frutos para os seus negócios, não importando o segmento.

Se você está pensando em abrir uma empresa e tirar sua ideia do papel para empreender ou, até já tem um negócio, fique de olho nas próximas inovações e tecnologias que podem auxiliar no desenvolvimento deste projeto.

Transformação Digital já é uma realidade inserida nas empresas. É um processo de mudança que promove mais resultados, produtividade e desempenho.

Este termo tomou seu lugar em todos os setores mundiais e estamos vivenciando mudanças profundas na sociedade por conta desta transformação. Mas afinal, o que transformação digital significa? Qual a sua importância e seu impacto na sociedade? Como aplicá-la de maneira correta para obter melhores resultados e não ficar para trás?

Vamos entender todas essas mudanças

Muitos negócios sofreram com a adaptação ao mundo digital e pararam de existir de uma hora para outra. A boa notícia é que muitas empresas cresceram, ideias novas surgiram a partir dessa mudança e a transformação vem acontecendo há algum tempo.

Em seu conceito literal, a transformação digital é o ato de usar a tecnologia para ajudar. Na verdade, nada mais é do que uma nova estrutura de trabalho. Você deve estar imaginando que todas as empresas estão investindo nessa transformação. Infelizmente não. Ainda encontramos muita resistência.

Há quem pense que acompanhar a transformação é apenas ter um perfil ou uma página em uma rede social ou site, vai muito além disso. É uma mudança estrutural radical, onde a tecnologia toma o lugar como um papel estratégico.

É claro que não ocorre da noite para o dia. São necessários recursos, tempo, desejo de aprender e esse movimento requer muito de uma empresa.

A forma de se comunicar está dinâmica e o comportamento da sociedade também mudou. O tempo é sagrado e a busca por otimizar a vida se tornou um dos maiores focos do mundo globalizado, facilitando a rotina e desgaste do dia a dia. As pessoas não querem mais perder tempo e fazem de tudo para usarem seu tempo de forma inteligente, para que produza mais e consequentemente, ganhe mais. É uma reação em cadeia, tudo gira em torno de tempo e quantidade de ações que ela desempenha. Para muitos 24h é muito pouco e a internet, a tecnologia de modo geral, veio para mostrar que é possível gerir o tempo de maneira prática.

O impacto causado nos negócios

Os avanços tecnológicos dos últimos anos influenciam muito o modo de vida. Ir ao mercado, fazer compras, viajar, ir ao shopping, ao banco, farmácia, estudar, aprender uma língua, trabalhar e se locomover tiveram sua configuração alterada graças à tecnologia. Os hábitos de consumo se transformaram em, relativamente, pouco tempo. Isso é assustador, mas real!

Olhando esse cenário, percebemos que nem todas as empresas estão preparadas para atender esse novo público.Isso é muito preocupante já que essa mudança não espera ninguém. Muitos empreendimentos serão engolidos de um dia para o outro, com as mudanças atuais se não se adaptarem às alterações trazidas pela transformação digital.

Os profissionais que estão no mercado, atualmente, estão correndo atrás do prejuízo e, já ficou bem claro que, se as instituições não modificarem suas abordagens e buscarem o entendimento dessa nova demanda, perderão seu lugar para outras empresas concorrentes.

Como toda a mudança, é preciso organização e planejamento para ser posta em prática. É essencial analisar seu negócio, suas necessidades, o que a empresa deseja com a variação, quais os benefícios que terão, quais as expectativas e como realizar a integração em todos os setores da empresa.

Diante disso, é necessário estabelecer uma preparação antes de, efetivamente, migrar para essa realidade. A mudança deve ser gradual, pois, não acontecerá do dia para a noite. Para passar da teoria para a prática é preciso investir em infraestrutura, com o intuito de comportar essas variações. Essa ação é o ponto de partida.

Novas estratégias de mercado

Planejamento, dados organizados, infraestrutura, ainda assim, pode não ser o bastante para aderir à transformação digital. Para iniciar esse trabalho é preciso conhecer seu público e mudar sua estratégia de mercado, ou seja, entender como atender sua persona. Uma das ferramentas que podem fazer diferença na estratégia de mercado é o marketing digital - que consegue ajudar no posicionamento, indagações dos clientes e seus hábitos de compra.

Com o entendimento do que seu consumidor precisa é possível criar abordagens para as vendas, estabelecendo canais de relacionamento.

Sim, é um trabalho complexo que traz benefícios tanto para a empresa quanto para os clientes:

  • Confiança;
  • Credibilidade
  • Comodidade;
  • Eficiência;
  • Rapidez;
  • Gestão;
  • Redução de custos;
  • Inovação;
  • Segurança;
  • Criação de novos cargos e funções;
  • Comunicação direcionada;
  • Engajamento;
  • Crescimento na qualidade, entre outras vantagens.

Para garantir essas mudanças e que a transformação digital seja efetiva, é importante movimentar sua equipe, estimular os funcionários a um novo pensamento e lembrar que uma mudança dessa magnitude não acontece em pouco tempo. Por isso, é mais que essencial abrir canais de comunicação com funcionários, receber feedback, agregando valor, novas perspectivas, adequando aos eventuais problemas, oferecer cursos e aperfeiçoar sua equipe.

É fato que quando empresas fazem essa mudança de uma hora para outra, sem preparo e sabedoria e, também, sem apoio, acabam se dando muito mal. E, em vez de progredir, regridem, algumas até fecham as portas. Não adianta os gestores colocarem a culpa em seus funcionários ou na tecnologia se não se preparam adequadamente. A tecnologia é um campo que pode ser muito explorado e nos oferece uma gama de oportunidades, por isso, é nossa obrigação usar essa ferramenta de maneira responsável.

A pressão que essa transformação exige, faz com que aumente esse movimento de processo de mudança e essa massa querendo se movimentar para acompanhar o novo mundo. A chamada sobrevivência e adaptação a uma nova configuração de vida. Caso você ainda esteja resistente repense e olhe para a tecnologia como aliada e não como vilã para o seu negócio.

Vamos entender algumas tendências de mercado

  • Mídias Digitais

As Mídias Digitais são hoje, umas das ferramentas mais incríveis de serem exploradas e ainda há muito que aprender e aperfeiçoar. E, sem dúvida, é um campo promissor. Mídia Digital é todo e qualquer tipo de divulgação pela internet, ou seja, qualquer meio que você usa para divulgar a sua empresa - Youtube, Facebook, Google, blog. Vale lembrar que mídia social não é rede social. Confira aqui a diferença.

Embora uma grande parcela do e-commerce esteja presente, nem todos realizam um trabalho especializado. As técnicas são inúmeras, mas para as pessoas que ainda estão perdidas e não sabem por onde começar deve-se ter em mente:

Como você encanta seus clientes? Como atrai sua atenção? O que ele tem que aprender e o que você pode ensinar? Por que ele deve escolher você e não seu concorrente? O que você oferece gera valor? Você sabe precificar seus serviços? Como são seus meios de pagamento? Quantos desistirem? Por quê? Você conhece bem seu público-alvo? Como você fará a relação pós venda? Como fazer o consumidor procurá-lo novamente? Como fidelizar seu cliente? Como orientar seu cliente a ter resultados, ter conquistas impressionantes, andar com as próprias pernas?

Depois disso, você poderá apoiá-lo nas próximas etapas e atualizações da estratégia em uma consultoria. Para que tudo isso aconteça é preciso entender o poder que as Mídias Digitais podem fazer pelo seu negócio.

  • Comunicação Visual

Você já parou para pensar que a comunicação visual de uma empresa é responsável por grande porcentagem de seu sucesso? É claro que, para ter êxito absoluto a longo prazo, muitos itens fazem diferença. Imagens, vídeos, panfletos, entre outros elementos são os responsáveis pela comunicação visual de uma empresa/produto.

A identidade visual é a porta de entrada, a primeira impressão, responsável por transmitir toda a qualidade e trabalho duro. Em um mercado cada vez mais competitivo, com serviços semelhantes, é preciso fazer a diferença e desenvolver uma comunicação visual compatível com sua essência, sem cópias, com um design de qualidade e criativo. Esse será um diferencial no mercado.

Ignorar a importância da comunicação visual é fechar as portas para a obtenção de novos negócios. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Anote aí: uma boa identidade visual passa total credibilidade, podendo atrair mais indivíduos com o poder de fortalecer o seu trabalho; você sempre será lembrado. Além disso, a divulgação do seu trabalho é essencial, dessa forma, você poderá interagir de forma mais profissional com seus clientes e será destaque entre a concorrência.

  • Inteligência Artificial

Nos próximos anos, a IA irá mudar a forma como as pessoas trabalham com dados e estatísticas. As empresas estão começando a investir em IA para fazer tarefas de raciocínio para a otimização do tempo. Isso dará, de certa forma, mais tempo para os gestores pensarem em outras estratégias de negócios com mais velocidade. Esta nova demanda pode dar lugar a novos tipos de profissionais de TI. Quando isso tomar seu lugar no mercado, a tecnologia poderá gerar novas oportunidades de empregos.

Seguindo essa linha de IA, a incorporação desta inteligência em veículos já é uma realidade, podendo expandir para outros transportes, casas e cidades. As pessoas terão que se adaptar e conviver com essas novas tecnologias para que não fiquem para trás.

Essa tendência de tecnologia está movimentando empresas de vários setores com o foco em melhorar a relação com seus clientes, promovendo a experiência de compra mais completa.

  • Empresas e clientes mais próximos

Hoje, a experiência do consumidor e sua satisfação são primordiais para o êxito da empresa. Por isso, as organizações usarão várias estratégias para entender suas necessidades. Inteligência artificial, agentes virtuais inteligentes farão parte do time de “funcionários”.

Tudo que é novo causa estranhamento, mas com o passar dos anos, essa relação necessária, será comum.

  • Big Data

Muitas pessoas do Marketing e do ramo dos negócios se perguntam: “o que é Big Data, afinal?” Sabemos que é um conceito promissor. Vamos entender o porquê.

Big Data é o nome que se dá ao volume enorme de dados e que são gerados a cada dia na internet.

Atualmente, geramos números impressionantes de dados por meio das redes. O Big Data cruza esses dados para que seja obtido informações de mercado, que podem ser extraídos, para que as empresas saibam exatamente os seus desejos, informações básicas, necessidades e insatisfações. Essa ferramenta gera valor para os negócios aumentando a velocidade da informação e qualidade no feedback com o cliente.

A essência do conceito está em gerar valor para negócios. Quanto mais dados temos, maior a quantidade de informação.

  • Tecnologia 5G

Para você que ainda não ouvir falar, essa já é uma realidade. A tecnologia 5G já está sendo testada e empresas estão se preparando para lidar com essa nova ferramenta tecnológica, que promove oferecer mais agilidade e praticidade.

A tecnologia 5G vem com a proposta de mudar nossa vida. Será lançada em 2019 e, no Brasil, provavelmente, em 2020. Ela propõe uma navegação super rápida, internet das coisas, realidade virtual, vídeos com alta definição e por aí vai.

  • CRM

Os negócios que estão habituados com o mundo digital já ouviram esse termo: “CRM” (Custom Relationship Management) que, nada mais é do que uma maneira de automatizar a relação cliente x negócio.

Vamos imaginar que você tem um e-commerce e, ao cadastrar seu novo cliente, você precisa de algumas informações como nome completo, telefone, e-mail, aniversário, redes sociais (em alguns casos). Usando o CRM, é possível programar essas informações para que você entre em contato com o indivíduo de forma automática e fidelizada. Esse ato pode fortalecer o vínculo entre o cliente e o negócio. É uma forma de otimizar seu tempo e ainda trabalhar a empatia nas relações.

  • Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas é uma tecnologia em evolução que auxilia a redução de custos e melhora da eficácia em ambientes industriais. Essa ferramenta pode ser um pouco arriscada na questão da segurança e proteger os dados acabam sendo essencial. Mesmo assim, é uma tendência que pode contribuir com as empresas.

conceito de Internet das Coisas foi criado para facilitar o uso de aparelhos e a realização de ações. A maior parte desses aparelhos como aspirador de pó, geladeiras, câmeras, caixas de som, etc., podem ser controlados por um smartphone ou tablet, desde que esteja conectado em uma rede Wi-Fi ou 3G/4G.

  • Mobile Marketing

O crescimento exponencial do mobile marketing é um dos itens de inovação digital. As pessoas estão, cada dia, mais conectadas e dependentes de seus aparelhos. Isso permite capturar o cliente em qualquer lugar que ele esteja. Uma das estratégias é investir em anúncios, SMS Marketing.

O mobile revolucionou os negócios e, hoje, os dispositivos móveis são essenciais para a comunicação da maioria das pessoas e esse número cresce a todo o momento. É por isso que o Mobile Marketing é uma estratégia que deve estar no topo da lista dos empreendedores para segmentar seu mercado e não perder para os concorrentes.

  • Assistente Virtual

Quem possui um Iphone já conhece bem a Siri. Ela é uma assistente virtual, ferramenta usada em vários dispositivos de outras marcas também. Dentro das empresas é esperado que as assistentes virtuais otimizem o tempo e melhorem a produtividade dos funcionários. Esse é um futuro não tão distante.

  • Business Intelligence

Business Intelligence é uma estratégia para o seu negócio com o foco em auxiliar a tomada de decisão. Ela faz uma análise personalizada de dados e realização de uma pesquisa competitiva do mercado. Ela é uma ótima tática para determinar padrões de comportamento dos possíveis clientes.

  • Automação de Marketing

automação do marketing promete facilitar a equipe de marketing nos processos diários de dados. É importante para desenvolver melhora no processo e compra.

Antes de escolher alguma ferramenta de automação é essencial ter em mente qual estratégia você está trabalhando para o seu negócio. É preciso ter isso em mente e deixar claro para não perder tempo e dinheiro com automação e efetivamente não ter resultado.

  • Vídeo sempre em alta

O conteúdo em vídeo continua a todo vapor. As pessoas são visuais e não querem desperdiçar tempo, por isso, um vídeo é ideal para esse novo público. Capturar sua atenção é um dos desafios da transformação digital.

Este consumo de conteúdos em vídeo é uma das maiores tendências de marketing digital e responsável por ofertar engajamento e atrair novos clientes de maneira orgânica e mais rápida. Promissor!

O conteúdo é mais individualizado, gerando empatia e aproximação com o cliente, tirando o foco na venda propriamente dita. Um vídeo pode impactar com mais facilidade, promover emoções e reações imediatas.

É essencial criar um vídeo com um texto e uma chamada de ação, por exemplo. Essa estratégia é subliminar e acerta no objetivo de engajamento. Dessa forma, você terá a opção de promover conteúdo direcionado, impactando positivamente e satisfazendo seu cliente de maneira natural.

Esse é o caso do Youtube, onde milhões de pessoas são atingidas organicamente com vídeos, geralmente curtos. Essas pessoas estão consumindo informação desta forma e é obrigação dos empreendedores entenderem e se adequar para essa realidade.

  • Nuvem

A computação em nuvem surgiu com o objetivo de armazenar documentos para empresas em infraestrutura de TI. Hoje, é indispensável para qualquer pessoa ou negócio que buscam um armazenamento confiável, seguro e prático. Quem nunca perdeu tudo após ter um computador roubado ou quebrado. Que desespero!

Essa demanda está em crescimento com o grande número de empresas que enxergam esse benefício. Com isso, essa tecnologia está sendo aperfeiçoada com o surgimento de novos padrões e memórias, com a projeção de aumentar a cada ano.

  • Ética digital

Muitas técnicas e ferramentas são importantes, mas é essencial pensar na ética digital. Esse tema é polêmico e faz parte das tendências de mercado. As empresas estão engajadas neste tema e entendem os desafios que ela implica durante a transformação digital.

Para obter a confiança do público de forma natural, as organizações passaram a implementar uma estrutura de ética digital. Com o crescimento frenético de dados que são compartilhados e misturados as empresas oferecem opções personalizadas aos seus clientes. Porém, o lado ruim desta automação é o risco da falta de ética e confiança;

É essencial estabelecer padrões de ética digital para a empresa e ter cuidado e sabedoria na hora de optar em usar assistentes virtuais.

Superando desafios

A palavra transformação já implica muito trabalho para mudar. Esse é o que as empresas devem esperar ao pensar nesta migração. Com esse projeto é comum esperar alguns desafios ao decorrer das etapas de adequações. Esses são alguns dos obstáculos que as empresas podem enfrentar ao implementar a transformação digital:

  • Medo de dar o primeiro passo: é comum as empresas ficarem com o pé atrás e demorarem em tomar a iniciativa, principalmente quando gerem muitos funcionários. Porém, a decisão é iniciada pelos lideres da empresa e deve ser bem pensada e planejada, como já dito anteriormente, para não prejudicar nenhum setor.
  • Qualificação despreparada: a falta de pessoas qualificada, e muitas vezes, engessadas em suas funções, pode causar muita dor de cabeça para os gestores. Preparar bem os funcionários que já estão na empresa e contratar outros com competências, investir em treinamentos é o caminho certo para fugir desde obstáculo. Caso contrário é impossível progredir.
  • Segurança: esse é um quesito importante, pois, depende da equipe e não apenas aos gestores e TI. As brechas com a segurança e hackers são constantes nas empresas, mesmo quando são adotadas estratégias grandiosas.
  • Retorno rápido: é comum os gestores esperaram um retorno de investimento muito rápido e isso não acontece, de maneira geral. É, também, difícil quantificar esse retorno, até porque isso será feito a longo prazo. Parte do princípio da adaptação.
  • Aspectos culturais: a cultura de uma organização diz muito de como ela irá se apoiar durante essa mudança. Esse é um dos mais complexos desafios e pode demorar um tempo maior para ser resolvido.
  • TI em ordem: o setor de TI de uma empresa é responsável e fundamental pela efetivação da Transformação Digital, por isso, qualquer problema nesse departamento pode atrasar ou destruir o bom funcionamento desta mudança. A solução é sempre ter funcionários capacitados e que tenham um olhar inovador, porque eles têm o papel único das decisões estratégicas da empresa.

A transformação digital é complexa, mas vemos que há motivos de sobra para seguir os passos da mudança e ver resultados impressionantes que vão alavancar seu negócio e vida pessoal. É uma estratégia, que quando bem adaptada cria outras realidades. O quanto antes você desenvolver preparo para compreender esse impacto digital no mundo mais cedo colherá os frutos. Lidere a mudança!

Ficou impressionado? Sua cabeça se encheu de ideias, compartilhe com a gente suas expectativas e reflexões. Escreva um post para o Clube!

Clube Sebrae
Bruna Nóbrega Seguir

Redatora Web.

Ler matéria completa
Indicados para você