[ editar artigo]

Aumento de salário: em que momento deve ser feito?

Aumento de salário: em que momento deve ser feito?

Quem tem um negócio, por menor que ele seja, compreende a dificuldade de encontrar e, especialmente, manter bons colaboradores. É um ponto sensível, já que esses profissionais, invariavelmente, estão em busca de melhores salários e condições de trabalho. Devido a isso, o aumento de salário é um tema muito recorrente para a administração da empresa.

Quando falamos sobre aumentos salariais há uma série de fatores que precisam ser levados em conta. Esses pontos devem ser considerados tanto do ponto de vista da empresa quanto da perspectiva do funcionário. A decisão pelo aumento ou não é algo que deve ser muito bem analisado e pensado de forma estratégica.

Confira a seguir algumas dicas práticas de como avaliar se é o momento certo para aumentar o salário de seus funcionários e o que fazer durante o processo de negociação.

Quando é necessário aumentar o salário?

Um dos cuidados essenciais que devemos ter com a empresa é avaliar se o valor pago como salário está em conformidade com o nível apresentado pelo funcionário.

Não raro, empresas de todos os tamanhos desvalorizam seus colaboradores na tentativa de economizar. Também há aquelas que agem erroneamente por não levarem em consideração a realidade do mercado.

Ações desse tipo fazem com que o colaborador entre em um processo de desmotivação e comece a considerar oportunidades em outras empresas.

Há vários indícios que sugerem que está na hora de aumentar os salários dos funcionários. Selecionamos alguns dos mais recorrentes dentro desse tema:

  • Salários abaixo do mercado

Muitas empresas ainda não entenderam que quem define o salário não é ela e, sim, o mercado. Esse é um dos maiores motivos que tornam quase impossível trazer para dentro da organização os melhores funcionários com salários abaixo da média praticada por outras empresas para o setor.

Sendo assim, cabe a ela manter-se informada sobre os valores em vigor. Pesquisar os salários oferecidos pela concorrência e ficar de olho nos dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e em pesquisas diversas sobre esse assunto é fundamental. Isso pode servir de base para que o empresário tenha uma visão mais abrangente e correta sobre o tema.

  • Mais trabalho

Se já é algo complicado maximizar o fluxo de trabalho com um número mínimo de colaboradores, imagine fazer isso sem aumentar os salários!

Se sua empresa está em boa fase e o trabalho aumentou pode ser um momento interessante para considerar um aumento salarial. Além disso, ao dar atenção a esse ponto seus colaboradores perceberão que há uma preocupação e uma valorização por parte da empresa. E assim, não se corre o risco de perder ótimos funcionários!

  • Concorrência

A prática é muito comum tanto no Brasil quanto no exterior: quando uma empresa concorrente aparece, ela - volta e meia - tenta fisgar os melhores funcionários da outra. Apesar de ser algo estranho e, em alguns casos, um tanto sem ética, o fato é que é algo aceitável e, querendo ou não, continuará a acontecer.

O mais importante nessas situações é manter um canal aberto com os colaboradores no que diz respeito às propostas da concorrência. Deixe claro para o funcionário que se ele for procurado por alguma empresa ele poderá vir até você e apresentar a proposta.

Dessa forma, você poderá avaliar se vale a pena cobrir aquela oferta ou não. Além disso, os colaboradores terão uma percepção mais positiva de sua atual empresa, uma vez que ela se preocupa em não perdê-los.

O que fazer quando o funcionário pede aumento?

O momento em que o funcionário pede um aumento é muito sensível e deve ser tratado cuidadosamente. Às vezes, o resultado disso pode, até mesmo, provocar uma deterioração da relação entre o colaborador e a empresa. A dica é procurar analisar se o profissional realmente merece o acréscimo salarial.

Para fazer isso, podemos analisar alguns pontos específicos. Acompanhe:

  • Ouça com atenção tudo o que o colaborador tem a dizer. Quais os motivos que o levou a crer que deve ganhar mais. É preciso ter cuidado já que as razões do funcionário podem ser diversas: o nascimento de um filho, uma doença de um parente, o aumento de trabalho na empresa, a média salarial do mercado etc. Deve-se dar espaço para que ele fale e fique tranquilo, especialmente devido a uma possível pressão psicológica que esse momento impõe.
  • Nunca responda imediatamente. Ao fazer isso, o funcionário pode ter a sensação de que nada do que ele disse foi considerado com a devida atenção. Analise tudo o que foi passado pelo colaborador e avalie se de fato ele tem razão em pedir um aumento de salário.
  • Boa parte dos pedidos para ganhar mais se devem a questões pessoais. O problema de concordar com o aumento salarial nesse ponto é que pode acontecer de sempre que ele tiver dificuldades pessoais pedir um aumento. Por outro lado, o funcionário nunca deixou a desejar e sempre atuou visando o crescimento da empresa, talvez seja possível ajudá-lo de alguma forma. Por exemplo, por meio de benefícios ou outro recurso. De qualquer maneira cada caso deve ser avaliado isoladamente.
  • Concordando ou não com o aumento sempre chame o funcionário para uma conversa posterior. Ele merece uma resposta, mesmo que negativa. Se a empresa não puder promover o aumento salarial exponha as razões e deixe claro que no futuro a sua solicitação poderá vir a ser aprovada.

Procure manter uma relação equilibrada e de confiança com o colaborador, independentemente da posição a ser tomada. O funcionário precisa saber que a empresa valoriza o que ele faz e que o apoia em seu crescimento profissional. Com isso, mesmo que o aumento de salário não seja dado, o funcionário se sentirá motivado a continuar contribuindo para a empresa.

Quem merece um aumento de salário?

Quando a proposta de aumento parte da empresa, nada mais natural que exista uma preocupação sobre quem merece ou não o ganho extra. Para fazer essa avaliação e não correr o risco de ser injusto, você pode analisar a importância do colaborador, seu desempenho técnico, sua vontade de contribuir para a empresa e especialmente, o valor que esse profissional tem para o mercado.

Ao fazer isso será mais fácil perceber quem são os talentos que podem estar ganhando menos, corrigir o problema e garantir que eles não deixem a empresa.

Qual a melhor forma de aumentar o salário de um colaborador?

Dar uma promoção a ele é a alternativa mais interessante em relação ao aumento salarial. Quando a empresa aumenta o salário de um funcionário e ele permanece nas mesmas funções, aqueles colegas que não foram contemplados passarão a ver a empresa com desconfiança. Há casos em que eles se sentem tão injustiçados que entram com processo judicial requerendo a equiparação salarial.

Por outro lado, de nada adiantar dar uma promoção sendo que as atribuições do funcionário permanecem as mesmas.

O que representa o aumento de salários na gestão da empresa?

Antes de qualquer medida com relação ao aumento de salário, a empresa precisa verificar cuidadosamente o peso que isso terá a médio e longo prazo. Deve-se ter em mente a incidência de impostos trabalhistas e taxas relativas a cada aumento feito, a economia do País e, até mesmo, aspectos relacionados à sazonalidade dos negócios.

Inclua na análise uma pesquisa sobre os valores praticados no mercado, o valor que as empresas de mesmo porte costumam pagar e até mesmo quais benefícios podem ser oferecidos.

Ao examinar esses aspectos - e outros que julgar importante - fica mais fácil realizar um planejamento. Isso possibilita saber se a empresa tem ou não condições de aumentar o salário e de que forma isso afetará seu crescimento a longo prazo.

E você, já passou por alguma complicação relacionada ao aumento de salário? Deixe em nossos comentários suas considerações sobre como lidou com a questão!

Clube Sebrae
Denisson Soares
Denisson Soares Seguir

Analista de Produção de Conteúdo. Atua no mercado de Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Acompanha de perto tudo que acontece no mundo da tecnologia. Entusiasta de ideias inovadoras que ampliam os horizontes e as possibilidades das empresas.

Ler matéria completa
Indicados para você