[ editar artigo]

Cachaça Porto Morretes para gringo ver, ou melhor, apreciar!

Desde que começou a produzir cachaça na região de morretes, o empresário Fulgêncio tem uma preocupação: a qualidade do produto. Por isso, buscou o Sebraetec, para realizar uma verdadeira revolução na produção das suas já premiadas bebidas orgânicas destiladas.

A empresa passou a testar o uso de barris feitos com madeira para armazenar a bebida. Torres explica que o barril de carvalho de origem francesa ou americana é a madeira mais utilizada no armazenamento e envelhecimento da bebida, mas o desejo de inovar fez com que o produtor buscasse novas alternativas. Com uma consultoria especializada e parte do investimento necessário subsidiado pelo Sebraetec, ele passou a armazenar parte da sua produção em barris de amburana, uma madeira tipicamente brasileira.

"Todo o trabalho de inovação envolve risco. A gente não sabe se vai dar certo ou não e para uma empresa de porte pequeno é dificil investir na inovacão sem ter certeza do sucesso." A inovação já esta tendo resultado e ganhando repercussão. A Porto Morretes participou do 15o Spirits Selection e foi premiada com cinco medalhas, incluindo a Medalha Dupla de Ouro para a cachaça envelhecida no barril de amburana.

Ampliar Mercado

Nós sempre investimos em pesquisa e inovação, inclusive estamos desenvolvendo outros dois produtos novos que vamos levar para mais um concurso mundial. Sem a parceria com o programa Sebraetec, o trabalho seria bem mais dificil. O desenvolvimento de novos produtos aumenta inclusive nossa capacidade no mercado, comemora Torres.

Assista o vídeo para ouvir o que o empresário Fulgêncio Torres conta sobre essa parceria, e não deixe de comentar abaixo o que achou dessa história!

Clube Sebrae
Matheus Ferraz
Matheus Ferraz Seguir

Escritor e consultor de SEO @Upwell

Ler matéria completa
Indicados para você