[ editar artigo]

Capriche na escolha do ponto comercial e saia na frente da concorrência

Capriche na escolha do ponto comercial e saia na frente da concorrência

Se o seu negócio é do tipo que depende do movimento da região onde está instalado, como um comércio, é possível dizer que a localização do ponto comercial é um dos pontos decisivos para o sucesso da empresa.

É possível que você tenha o melhor produto e os melhores profissionais de atendimento: se a sua loja estiver localizada no lugar errado todo o investimento vai por água abaixo. Inclusive, para alguns especialistas da área, o ponto pode representar até 50% do sucesso do empreendimento.

Em resumo, é possível dizer que na hora de escolher o ponto comercial o empreendedor precisa lembrar que é necessário que a empresa esteja facilmente acessível pelos seus clientes. Mais do que o produto ou serviço oferecido, é também o perfil do consumidor quem vai indicar qual localização faz sentido para o negócio.

É claro, esse não é um processo simples pois demanda muito cuidado e paciência para a descoberta do local ideal. Sabendo disso, separei para você duas coisas aqui no post: alguns dos principais erros cometidos por empreendedores nesta etapa; e algumas dicas para ajudar você na escolha do seu.

Os principais erros cometidos na escolha do ponto comercial

Adaptar o negócio ao ponto

Esse é o principal erro cometido e acontece quando o empreendedor encontra um ponto comercial que pode ser uma oportunidade, e ao invés de avaliar com calma, acaba mudando o negócio para que este se adapte àquela localização.

Só levar em consideração o custo do aluguel

O aluguel é um dos custos que envolvem a negociação por um ponto comercial, é evidente. Mas está longe de ser o único. Existem custos extras que precisam ser avaliados durante a negociação do ponto e nem sempre eles são financeiros. Pontos como o potencial de consumo e o fluxo de pessoas impactam diretamente no sucesso da empresa e não necessariamente são um custo monetário direto na escolha do novo local para o negócio.

Não conhecer a forma como os clientes chegam

Falando nisso, um dos pontos determinantes para o sucesso de um ponto comercial e que nem sempre recebe a devida atenção dos empreendedores é justamente a forma como os clientes chegam até a loja. Isso significa compreender se o negócio é de passagem — que atrai transeuntes da região pela fachada — ou de destino — quando os clientes escolhem ir até o lugar e se dispõem ao deslocamento.

Não avaliar os vizinhos e a área de atuação

Um dos grandes trunfos de um ponto comercial é o fato de ele estar próximo aos seus consumidores principais. Ou seja, se não houver uma avaliação dos vizinhos, do potencial da região e da área onde a empresa irá atuar, dificilmente será possível entender se há essa proximidade com os clientes.

Ok, entendi, mas e como fazer então para escolher o ponto comercial?

6 dicas para a escolha do ponto comercial

Esteja aonde estão os consumidores

Ao conhecer o perfil de seus clientes e a natureza do seu negócio, seu trabalho de escolha de ponto comercial fica um pouco mais simples. Isto porque o lugar ideal para sua empresa é justamente onde está concentrado o maior número de consumidores com potencial para comprar seu produto ou serviço. Lembre-se também que não adianta haver um número grande de pessoas se elas não forem qualificadas.

Concorrentes próximos podem ser úteis

Existem negócios em que faz sentido estar próximo dos concorrentes. Em lojas de móveis, roupas, ou até mesmo alimentação, por exemplo, as compras são feitas na maioria dos casos por comparação. Ou seja, nesse caso faz sentido que você esteja presente em uma região com outros negócios do mesmo tipo.

Em outras situações seu comércio pode ser complementar ao que é oferecido pela concorrência. Por exemplo, se você tem um comércio de autopeças faz sentido estar próximo de oficinas mecânicas ou outros negócios automotivos. Em resumo, se as empresas já presentes na região não forem concorrentes ou complementares, reavalie.

Tenha paciência e persistência

Encontrar o ponto comercial ideal, com o melhor preço e na hora certa não é uma tarefa fácil. Existem casos de varejistas que demoram anos até achar o local certo. Não há como investir em um imóvel qualquer para alugar e depois ficar no prejuízo. Por isso, tenha paciência e persistência no processo de busca do seu novo imóvel.

Pense na locomoção dos clientes

Para entender como será a relação dos consumidores com seu novo ponto comercial o ideal é que você se coloque no lugar dessas pessoas. Ou seja, visite o ponto em diferentes horários ao longo do dia, use diferentes meios de transporte para chegar até lá e faça opções de caminho variadas.

Falando sobre isso, inclusive, vale a pena pensar no conforto dos clientes ao se locomover até o seu novo negócio. Se o mais comum for o acesso de carro, é necessário pensar no estacionamento. Se a maioria dos clientes chegar a pá, é importante pensar na acessibilidade para quem utiliza o transporte público, entre outras razões.

Por fim, a visibilidade

Independentemente da forma como as pessoas chegam ao seu negócio, existe um detalhe que é fundamental para qualquer ponto comercial: a visibilidade. Afinal de contas, é preciso que a fachada chame atenção de quem passa pelo local, tenha essa pessoa saído de casa para ir até sua loja ou não.

Abrir um negócio local de comércio não é uma jornada simples, pois ela envolve muitas variáveis que podem impactar no sucesso da empreitada. A escolha do ponto comercial é apenas uma delas, mas que é responsável por boa parte das chances de a empresa ter melhores resultados.

Fique atento na hora de escolher o seu ponto comercial, e quando conseguir fazer uma boa escolha, não deixe de voltar aqui ao Clube para compartilhar a sua experiência!

Clube Sebrae
Marcus Pereira
Marcus Pereira Seguir

Mkt Digital e Conteúdo @ Beracode

Ler matéria completa
Indicados para você