[ editar artigo]

Chatbot: qualquer empresa pode ter um robô nos sites e redes sociais?

Chatbot: qualquer empresa pode ter um robô nos sites e redes sociais?

Você acessa o site de alguma marca e logo são abertas ferramentas de chat, com a típica mensagem: “Oi! Posso ajudar?”. Já se deparou com essa situação? O que está por trás dessa comunicação automatizada são os chatbots, mais uma inovação tecnológica que surgiu como uma excelente aliada para os negócios. O resultado? Uma experiência de compra mais cômoda e customizada, estreitando os laços com o cliente, esclarecendo suas dúvidas e divulgando outros tipos de informação.

E não precisa ficar assustado ou confuso com esse fenômeno. Aplicar o recurso nos sites e redes sociais de sua empresa pode ser mais fácil do que você imagina. Continue acompanhando este artigo e saiba quando essa solução pode ser interessante para a sua pequena empresa.

O que são os chatbots?

Os chatbots são um dos destaques quando o assunto são os avanços da inteligência artificial, IoT (Internet das Coisas) e outras tecnologias. Na prática, trata-se de um programa de computador que automatiza algumas tarefas de interação com o usuário ou cliente, por meio de interfaces de conversação, em uma proposta similar a de chats on-line. A ideia é ter canais de acesso rápido, tornando o contato com o consumidor mais dinâmico. São usados, principalmente, em áreas de atendimento ao cliente e no ambiente de FAQ (perguntas comuns), mas não precisam se restringir a elas.

O Messenger de empresas no Facebook – como o iFood, conforme você pode ver aqui – , a Siri (Apple) e o Google Assistant são alguns exemplos da aplicação desse tipo de tecnologia. Nas indústrias de pagamentos, e-commerce e serviços, essa funcionalidade também tem sido vista com bons olhos, até mesmo, pela redução de custos que ela proporciona.

E tem outro benefício: a velocidade na resposta ao usuário. Afinal, mesmo que ele entre em contato com você no fim de semana (ou em qualquer outro horário, no esquema 24/7), vai ficar bastante satisfeito em receber algum tipo de posicionamento imediato da sua empresa, nem que seja automático. É um importante diferencial no mercado e ganho em produtividade!

Como os chatbots funcionam?

Os chatbots são capazes de ler, interpretar e responder perguntas feitas pelos usuários. A dinâmica que suporta o seu desenvolvimento é baseada em códigos pré-configurados e uma espécie de fluxograma. Isso significa que, conforme vão surgindo as informações e respostas dos usuários, a conversa pode seguir por um ou outro caminho.

No entanto, se acontecer, por acaso, de a resposta do usuário fugir ao “script”, os robozinhos reformulam a pergunta, recomeçando todo o processo. Outra saída é informar que não entenderam a resposta, solicitando que o usuário ajuste a sua mensagem.

E, como o conceito de Inteligência Artificial está por trás dessa novidade, as respostas dos usuários vão “educando” os bots aos poucos, possibilitando que eles estejam ainda mais adaptados e completos no futuro. Não é demais?

Outras vantagens dos chatbots

Hoje em dia, com os avanços nessas ferramentas, os bots também conseguem localizar produtos em ambiente virtual, apresentar informações técnicas sobre eles, propor itens relacionados, complementares ou de melhor qualidade, além de prosseguir com a conclusão da compra. Isso tudo sem deixar o espaço do chat, em uma mesma plataforma, com o mínimo de trabalho, e de uma maneira bem qualificada. Do jeito que o cliente gosta!

A personalização no atendimento é mais um ponto positivo para os bots. Eles podem resgatar informações do histórico do cliente, sugerindo possibilidades com base no seu estilo e preferências.

Nem tudo é perfeito

Como desafios, a ferramenta ainda precisa aprimorar, em alguma medida, a proximidade com a interação mais humanizada, natural e real. Até porque, no cenário atual, em muitos casos, as mensagens são um tanto quanto mecânicas e distantes.

Quais são os chatbots mais indicados?

No mercado, há opções para todos os gostos, necessidades e bolsos. A seguir, confira algumas das principais ferramentas disponíveis para promover a automação da sua comunicação com o cliente:

ManyChat.com: desenvolvida para atuar no Facebook Messenger, é uma plataforma de chatbots com uma das interfaces mais amigáveis. No início, o serviço é gratuito, com duas rodadas de conversas pré-definidas, além de incluir a ferramenta de comentários da rede social. Já a versão paga pode ser iniciada com 15 dólares, aumentando conforme o número de interações. É uma das melhores opções para o micro e pequeno empreendedor.

Chatfuel: a ferramenta permite a criação de um chatbot em poucos minutos. A tecnologia pode ser implementada gratuitamente nas empresas, automatizando as mensagens em serviços como o Facebook Messenger e o Telegram.

ChattyPeople/MobileMonkey: ideal para quem não entende muito de códigos ou inteligência artificial. O serviço é entregue prontinho ao usuário final. Além disso, promete que as mensagens sejam pronunciadas com a voz bem próxima à de uma pessoa de verdade, sem parecer um robô. Para a experimentação, não se paga nada.

Além disso, empresas brasileiras também oferecem o serviço de bots. As que se destacam nesse segmento são:

BlueLab: no mercado há dez anos, busca a melhor experiência para o cliente, por meio de bots de chats e de voz. As propostas envolvem desde o projeto piloto, sem custo, para que o cliente compreenda o funcionamento do produto, até a cobrança de uma fatura mensal, após o primeiro mês de utilização. O plano mais simples custa 3 mil reais ao ano.

Blip: a plataforma oferece como diferencial a possibilidade de desenhar, administrar e aprimorar os serviços de chatbots em uma mesma plataforma. A plataforma possibilita a integração com provedores de inteligência artificial da Microsoft, IBM e Google. E quem precisar de uma forcinha com o atendimento humano também pode recorrer às soluções da Blip. Há opções gratuitas, por tempo ilimitado (porém, sem suporte), planos de R$1980,00 mensais ou serviços customizados.

Como os chatbots podem ajudar um pequeno empreendedor?

Conforme você pode ter observado, as vantagens de se implementar um sistema de chatbots na sua empresa são inúmeros: desde o ganho de produtividade, melhoria na satisfação do cliente, personalização do atendimento e divulgação de informações qualificadas. No fim das contas, o investimento pode, sim, valer a pena para o seu empreendimento, principalmente se você tiver uma equipe mais enxuta. Assim, sobra tempo para focar no que realmente interessa, e nas atividades em que o contato humano é indispensável. Dê uma chance à inteligência artificial!

Gostou do conteúdo deste artigo? Então, continue de olho em nossas postagens e saiba mais sobre a nossa comunidade!

Clube Sebrae
Crislayne Andrade de Araujo
Crislayne Andrade de Araujo Seguir

Jornalista pela Uerj, com MBA em Marketing pela FGV e certificação de Produção de Conteúdo para Web, tem experiência em comunicação organizacional e redação para empresas globais. Focada em estratégias de comunicação e marketing para PMEs.

Ler matéria completa
Indicados para você