Como a cultura digital impacta os novos negócios?
[editar artigo]

Como a cultura digital impacta os novos negócios?

A Cultura Digital é um conceito novo, que parte da ideia da evolução das tecnologias digitais. Quando interagimos e compartilhamos nossas vidas no ambiente digital, divulgando conteúdos, compartilhando coisas que sejam de nosso interesse com nossos amigos ou, até mesmo, pessoas desconhecidas, isso é o que chamamos de Cultura Digital.

Mas como isso pode impactar no meu negócio?

Essa transformação digital não se restringe somente à nossa vida pessoal. Ela também está presente, hoje, no mundo corporativo, fazendo com que as companhias se adaptem ao avanço da tecnologia e consigam acompanhar o que está predominando no mercado. A Cultura Digital é importante para que as organizações se mantenham atualizadas, acompanhando o avanço da tecnologia.

Partindo desse raciocínio, é fato que o acesso à internet aumentou muito na última década, se popularizando inicialmente nos anos 2000. Em 2016, tínhamos 116 milhões de pessoas conectadas à internet, somando 64,7% de toda população do país, segundo dados do IBGE. Toda essa expansão influenciou no modo de compra das pessoas. Por exemplo, antes, quando as pessoas precisavam adquirir um produto, elas simplesmente iam até o local, verificavam o objeto e só então, o compravam de fato. Hoje, com a popularização de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, a forma de comprar mudou.

Hoje em dia, quando uma pessoa tem interesse em comprar um determinado item, ela pesquisa primeiramente sobre ele na internet. Verifica as vantagens e desvantagens do produto. Além disso, lê sobre as experiências de usuários que já compraram naquele site e, também, procura saber sobre a experiência desses usuários com as marcas. Somente depois dessa pesquisa, realizam as compras diretamente pelo site disponibilizado pela loja, facilitando assim o seu poder de compra.

Mesmo com toda essa possibilidade de pesquisa, os consumidores vão além. Eles entram em sites que reúnem reclamações ou más experiências que os usuários tiveram com determinadas empresas, para verificar de que forma aquele problema foi solucionado e qual postura a companhia adotou referente àquela situação. Em vista disso, uma vez que o seu negócio possa ser prejudicado caso você não se adapte às mudanças, é necessário que você se reinvente e se adeque ao mercado.

Essa transformação cultural afeta toda cultura organizacional do seu empreendimento, sendo assim, talvez você tenha que reorganizar o modelo de trabalho, fazer alterações em alguns processos ou até mesmo, encerrá-los, adotando outras formas de realizá-lo.

Na prática, você pode considerar até mesmo terceirizar um determinado setor, como por exemplo, contratar agências digitais que ficarão responsáveis por programar essas mudanças dentro da sua empresa, ou até mesmo fornecer treinamentos para os próprios colaboradores.

Como devo investir em cultura digital?

1 - Facilite a comunicação entre empresa e cliente

Permitir que o seu cliente tenha acesso facilitado à instituição. Saber quem é, quais os valores que a empresa carrega e, principalmente, saber a importância que ele tem para sua companhia.

Os clientes priorizam uma organização na qual ele consegue se comunicar. Uma empresa que o atenda sempre que ele precisar, que ajude a sanar as suas dúvidas ou, até mesmo, que responda os seus e-mails num prazo razoável. Isso tudo gera confiabilidade.

2 - Mantenha uma presença nas mídias sociais

As redes sociais foram feitas para facilitar a comunicação entre as pessoas. Com isso, as marcas precisaram se adequar e partir para esse universo também, até por exigência dos consumidores. Dessa forma, as relações se estreitaram com o auxílio das redes sociais e, ter uma página no Facebook e uma conta no Instagram, ajuda a entender o que o seu consumidor precisa e o que ele busca.

Uma dica: Você precisa saber onde o seu público se encontra, pois, muitas vezes, eles podem estar presentes em outras redes sociais. Então, pesquise!

3 - Ofereça facilidades na hora da compra

As pessoas desejam um e-commerce de confiança e prático para que elas possam adquirir seus produtos online e sem complicação, a um clique, sem sair de casa.

Um frete baratinho pode ser uma boa forma de atrair potenciais novos compradores!

4 - Invista para melhorar sua conversão de leads

As mídias sociais podem ajudar a melhorar a sua taxa de conversão de leads – lead é um potencial consumidor que demonstrou interesse no seu produto ou serviço.

Mas o que é a taxa de conversão de leads?

É a relação entre o número de visitantes no seu site, por exemplo, versus à quantidade de visitantes que realizou uma ação dentro dele, ou seja, que demonstrou algum interesse em seu conteúdo. O visitante pode ter assinado sua newsletter ou preenchido um formulário para receber um futuro contato. É importante captar leads, porque isso pode gerar vendas e novas oportunidades de fechar negócios.

5 - Amplie as formas de divulgação

É interessante que você tenha um blog corporativo e um site, e que você consiga utilizar as redes sociais para gerar mais tráfego nessas mídias.

Gerando campanhas nas redes sociais você consegue fazer com o que o consumidor seja levado para uma Landing Page – ou página de destino, focada em transformar o seu tráfego de leads em clientes. Essas páginas permitem a captura de informações desses leads, através de uma oferta, ou um formulário que ele irá preencher.

A função da Landind Page é fazer, principalmente, que esse usuário deixe um e-mail ou alguns dados de contato, para que você possa disponibilizar para ele algum material digital, como por exemplo, um e-book, ou novidades e conteúdos interativos. Para isso é importante manter suas publicações atualizadas com conteúdo relevante e que agregue aos seus potenciais clientes.

Esse processo de conversão é importante, pois poderá transformar simples visitantes em futuros consumidores do seu produto.

Quais benefícios esse investimento me trará?

Bom, essa transformação digital só veio para agregar, se você souber realizá-la de forma correta e aprender a se adequar às mudanças, ela só trará benefícios. A forma que você irá investir nessa plataforma digital determinará os resultados que você terá.

Alguns desses benefícios são:

  • Gerar mais confiança ao seu cliente mantendo a comunicação de vocês o mais fácil possível. Confiança é ótimo em qualquer relação, certo?
  • Posts interessantes e com frequência nas redes sociais manterão o seu cliente informado sobre as novidades.
  • Artigos no blog corporativo te darão mais credibilidade, desde que você gere um conteúdo relevante e de qualidade.
  • Um e-commerce facilita a forma de comprar do cliente, ampliando assim o seu campo de vendas, podendo vender de diversas formas e para todo o Brasil.
  • Além do que, você tem uma taxa de conversão de leads maior, gerando mais visualizações para o seu blog e acesso ao seu site. Podendo assim, atrair novos clientes para o seu negócio.

Consequentemente, com o tempo, isso classificará você como um líder digital. E acredite, muitas empresas ainda não conseguiram se organizar nesse novo cenário e outras não sabem onde seu empreendimento estará daqui a cinco anos, por exemplo.

Poucos conseguem perceber que o mercado se desenvolverá de acordo com o avanço das tecnologias. Toda e qualquer mudança tecnológica afeta o comportamento das pessoas, então saiba ter essa percepção para que o seu negócio esteja sempre adaptado às novidades.

Ou seja, investir em cultura digital é estar um passo à frente da concorrência e sempre conquistando novos clientes!

Quer compartilhar suas experiências e ficar por dentro de tudo sobre empreendedorismo? Escreva para o Clube Sebrae. No site você encontra diversos conteúdos informativos que ajudam o empreendedor a se manter antenado!

Vitória Celestino
Vitória Celestino Seguir

Redatora web.

Continue lendo
Indicados para você