{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Como a transmídia está transformando o mercado audiovisual
[editar artigo]

Como a transmídia está transformando o mercado audiovisual

É verdade que o mercado audiovisual está crescendo e se transformando. Inclusive esta mudança já foi até tema de um outro post aqui no Clube, mas hoje meu objetivo é falar sobre outra coisa.

Para entender esta transformação pela qual está passando o audiovisual, no entanto, é necessário voltar ao contexto vivido por este mercado entre o fim dos anos 1990 e a década de 2000.

Neste período havia uma distinção muito grande entre quem eram os profissionais que trabalhavam com cinema e todo o resto que apenas fazia seus vídeos. Falar para um cineasta que ele fazia vídeos seria motivo de discórdia nesta época.

O contexto da virada do milênio

Com a mudança do milênio, o surgimento de dois fatores é determinante para a transformação na forma como as pessoas se comunicam. A primeira é a internet, algo que hoje é corriqueiro para praticamente todas as pessoas; e a segunda é a tecnologia digital em si.

Com a junção dos dois caíram por terra alguns paradigmas que existiam na produção de conteúdo. Resumindo, hoje é possível assistir um filme feito com qualquer tecnologia, seja uma câmera profissional ou um smartphone. Houve até um longa metragem muito aclamado em Sundance, o Tangerine, que foi todo filmado com um iPhone.

A primeira conclusão que podemos chegar a partir disso é que a forma de nos comunicarmos está mudando, a ponto de isso impactar no crescimento de outras indústrias que também fazem parte do audiovisual. O maior exemplo disso é a indústria de games, que hoje conta inclusive com um faturamento maior que o cinema dentro deste mercado.

A segunda conclusão tem muito mais a ver comigo, com você e com todas as pessoas que consomem conteúdo: cada vez mais as pessoas não querem só assistir um conteúdo em vídeo, mas também fazer parte dele e interagir com ele. Se esta dinâmica de consumo mudou, da mesma forma muda também a narrativa das produções audiovisuais. É diante deste contexto que vem à tona o conceito da transmídia.

O que é transmídia?

Para que a transmídia faça sentido com maior facilidade é importante compreendê-la junto do conceito de crossmídia. Ambas são expansões narrativas, importantes e muito utilizadas em nosso mercado. Antes das definições, no entanto, vale destacar que são conceitos da comunicação, e por conta disso, não se restringem apenas ao audiovisual.

A narrativa da crossmídia serve para utilizar meios variados para vender um produto principal que pode ser, por exemplo, um filme longa metragem. Pensando neste exemplo, usar o crossmídia significa ter banners digitais, um hotsite, perfis nas redes sociais, entre outras mídias, todos estes subprodutos atuando juntos com uma ligação direta ao produto principal.

Já a narrativa transmídia vai além da história presente no produto principal e provoca uma imersão do consumidor em um universo narrativo no qual ele pode interagir como se fosse real.

Existem várias formas de se fazer isso mas pode se dizer que o ápice da transmídia é a criação de uma expansão do universo narrativo principal. A ponto de as pessoas ficarem 100% imersas na história, interagindo com ela como se fosse real, mas ainda como parte de algo maior. Se pensarmos nos filmes da franquia Star Wars, por exemplo, vamos ver um ótimo exemplo de case transmídia.

A experiência imersiva é tão grande no caso deste filme que a Disney já anunciou o lançamento de um novo parque temático do filme, com cenários e histórias que nunca foram revelados em outros filmes e até um hotel onde cada hóspede assume o papel de um personagem de uma história que acontece ali. Impossível estar lá, interagir com tudo isso e não ter a impressão que é real, não é verdade?

Engajamento imersivo é tudo

Engajamento é palavra do momento na comunicação e no marketing. Todas as empresas se esforçam muito e investem para atingir este objetivo. Pois a transmídia é a responsável pelo que chamo de engajamento por imersão — e não há nada no universo da comunicação mais poderoso que ele.

Isto porque este envolvimento imersivo dos usuários e consumidores provoca o nascimento de uma base de fãs reais em torno do produto audiovisual, seja ele um longa metragem ou o material de uma marca. E isto é o que todos que investem neste mercado desejam. Aquelas pessoas que assumem o universo como parte integrante delas e o levam para a vida.

Novamente o Star Wars surge como um ótimo exemplo. Existem eventos exclusivos para pessoas que seguem a saga, com cosplay de personagens e tudo. Esta evolução é tão grande que por vezes a história até continua por meio dos próprios fãs. O resultado é um produto que não pára de crescer já que a transmídia provoca uma riqueza em torno deste conteúdo que o torna absolutamente rentável no longo prazo.

Transmídia e evolução tecnológica

A transmídia faz tanto sentido nos dias de hoje que posso afirmar com certeza que isto não vai parar por aqui. A evolução tecnológica está acontecendo de forma tão rápida que a narrativa audiovisual não dá conta de acompanhar. Vamos compreendendo a mudança e criando novas formas narrativas para dar conta de todas estas possibilidades que surgiram com a tecnologia para contar histórias.

A realidade aumentada não é uma novidade tão grande mas ganha cada vez mais força com investimentos dos gigantes Apple e Microsoft no setor. O caminho é consolidado e não tem mais volta. A realidade virtual então, nem se fala. Com uma capacidade de imersão na narrativa antes impossível possibilita que a pessoa literalmente entre e tenha uma experiência audiovisual muito mais completa.

Esta evolução tecnológica cria um mar de possibilidade incrível para o mercado audiovisual continuar crescendo e gerando ainda mais valor. Cada vez mais a compreensão destas possibilidades narrativas todas é fundamental para que a indústria de produção audiovisual possa se estabelecer como um segmento de negócio de valor.

No próximo sábado, 29/07, das 08h30 às 17h45 nós poderemos conversar e discutir ainda mais sobre o mercado audiovisual e a narrativa transmídia no Seminário Esquenta Hackathon Audiovisual. O evento será na sede do Sebrae Curitiba. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Nos vemos lá!

Diego Lopes

Diego Lopes

Produtor Executivo e Diretor na Oger Sepol Produções

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar