[editar artigo]

Como calcular e avaliar o endividamento da sua empresa

Sua empresa pode ser responsável pela crise econômica do país. Segundo uma nota divulgada pelo Ministério da Fazenda, o elevado endividamento das empresas foi o grande responsável pela queda da atividade econômica. O número de empresas com níveis altos de endividamento aumentou. E sua empresa? Como está?

Apesar de ser um indicador econômico bastante técnico, é importantíssimos saber o que significa e quais suas implicações para a saúde do seu negócio e consequentemente para a economia do país. 

Do que se trata?

Este índice revela o grau de endividamento da empresa, ou seja, quanto a sua empresa depende de "gerar dívidas" para manter o negócio.

O que significa?

Este índice, quando analisado por diversos e consecutivos períodos, demonstra a política de obtenção de recursos da empresa;

Se a empresa recorre a dívidas como complemento de Capital Próprio para aplicá-los no processo produtivo podemos dizer que esse tipo de endividamento é sadio;

Já, se a empresa recorre a contrair sucessivas dívidas através de empréstimos para pagar outras dívidas, esse é um tipo de endividamento ruim. Pode ser um alerta vermelho para um grande risco de falência.

Operar com capitais de terceiros pode resultar num grande problema quanto maior for a dependência da empresa por estes recursos.

Por outro lado, pode ser vantajoso para a empresa trabalhar com capitais de terceiros desde que a remuneração a ser paga pela obtenção (Juros) for menor que o lucro a ser obtido. Ou seja, o Retorno do Investimento deve ser maior que o Juros que você paga pelo empréstimo realizado. 

COMO CALCULAR?

Ele é calculado dividindo-se o valor total de passivos¹ pelo total de ativos² e multiplicando por 100 para se obter um índice percentual.

¹ PASSIVO = valores do passivo circulante (contas a pagar a fornecedores + empréstimos + financiamentos + impostos + salários -> exigíveis nos próximos 360 dias) e também o exigível de longo prazo -> valores a pagar acima 360 dias.
² ATIVO = valores do ativo circulante (saldos disponíveis em caixa e bancos + contas a receber + estoques)

COMO AVALIAR?

Quanto MAIOR for o índice encontrado, PIOR será a situação, uma vez que MAIOR será o risco da atividade!
Como parâmetro geral, um índice superior a 70% denota grande dependência de recursos de terceiros o que pode significar gastos em excesso e margens insuficientes de comercialização.

Um detalhe muito importante: esta mesma análise pode e deve ser feita para as finanças pessoais!

Espero ter contribuído.

Abraços

 

COMPARTILHE
Edmilson Tanaka

Edmilson Tanaka

Consultor - TH Thop

Artigos relacionados

login modal