Como construir a projeção financeira ideal para o seu negócio?
[editar artigo]

Como construir a projeção financeira ideal para o seu negócio?

A maior parte dos novos empreendedores se dedica quase que, exclusivamente, a temas como a gestão de pessoas, marketing e vendas. O que eles esquecem é que é importante também dar atenção aos aspectos financeiros do negócio. Essa falha, que ocorre, quase sempre, por falta de conhecimento ou habilidade, pode levar uma empresa a ter dificuldades e, até mesmo, a fechar as portas. Para evitar que isso ocorra é necessário adotar práticas e ferramentas que permitam construir uma projeção financeira bastante próxima à realidade.

Essa projeção tem como objetivo fornecer um entendimento sobre as perspectivas de fluxo de caixa no médio e longo prazo, permitindo ao empreendedor se preparar para os mais diversos eventos, dentre os quais:

  • Períodos de quedas nas vendas (sazonalidade);
  • Aumento no custo de insumos;
  • Alterações no mercado consumidor;
  • Impactos causados pela atuação de concorrentes;
  • Crises econômicas de alcance variado (apenas no Brasil, em países vizinhos ou no mundo);

Uma vez que o empresário esteja ciente sobre a importância desse controle, alguns passos serão necessários para construir a estratégia adequada a esses objetivos. Veja só!

1. Adoção de uma ferramenta para controle de finanças

A primeira medida necessária para construir uma projeção financeira para o negócio é adotar uma solução que auxilie no registro e análise dos dados. Atualmente existem inúmeras opções disponíveis, incluindo planilhas como o Excel e o Open Office, aplicativos dedicados e até mesmo serviços na nuvem. Essas ferramentas podem ser pagas ou gratuitas, mais complexas ou simplificadas, ou ainda contar com a possibilidade de integração com outros aplicativos da empresa. A escolha pela melhor opção deve ser feita com base nas reais necessidades, sem exageros para quem precisa de poucos recursos e sem economia desnecessária quando as exigências forem maiores.

Na maior parte dos casos, uma planilha poderá resolver todos os problemas, pois ela permite muitas das ações fundamentais de uma projeção financeira. Entre elas, lançar os valores de receitas e despesas de forma discriminada, agrupar por tipos ou categorias, realizar operações aritméticas de forma automatizada, criar macros e ainda emitir relatórios e gráficos.

A única exigência técnica para o uso de uma planilha é ter conhecimento sobre a utilização dos seus recursos. Se necessário, é possível fazer cursos de curta duração para conhecer as principais funções ou treinamentos mais aprofundados para quem deseja fazer uso completo dessa poderosa ferramenta.

2. Análise de dados e início da projeção

Quando a ferramenta já estiver ajustada com as regras do negócio e abastecida de dados, será possível analisar detalhadamente as contas de receitas e despesas. Com isso é possível, então, iniciar a projeção para períodos de meses ou mesmo de anos, de acordo com as necessidades e possibilidades do negócio.

Nesse processo de projeção é importante ser realista, considerando as ocorrências passadas como possibilidades futuras e não deixando que o otimismo com bons momentos substitua completamente a precaução. Vale lembrar que uma empresa é impactada por fatores diversos como mercado consumidor, fornecedores, situação macroeconômica e decisões governamentais. Qualquer mudança em um desses agentes poderá alterar completamente a relação de custos e despesas do negócio. Lembre-se que um dos pilares do sucesso é estar sempre preparado para o pior.

3. A projeção financeira está relacionada ao momento presente do negócio

Uma boa projeção futura permite prever situações indesejáveis, cuja causa se situe no presente. Um aumento de custos causado por uma falha de processo, por exemplo, poderá apresentar um efeito cascata, causando aumento nas despesas sem que as receitas cresçam na mesma medida. Se essa informação for apurada adequadamente, será possível tomar medidas imediatas para que esse problema tenha menor impacto no futuro.

De forma similar, uma operação que adote uma estratégia de margem de lucro reduzida visando gerar diferencial competitivo poderá ocasionar uma situação de insustentabilidade do negócio no longo prazo. Com essa constatação o gestor poderá definir um ponto de equilíbrio mais adequado para a margem de lucro, atingindo seu objetivo presente, mas sem impactar negativamente o resultado futuro.

A questão é que, todas as ações tomadas no presente terão impacto no desempenho financeiro futuro. Por isso, a redução de um determinado custo, a eliminação de uma despesa fixa, a escolha de um empréstimo com menor taxa de juros ou o incremento de uma receita alterarão os valores previstos para os próximos períodos de meses ou anos.

Essa relação produz informações muito úteis ao empreendedor, pois permite planejar ações de longo prazo, como o pagamento antecipado de dívidas, alocação de recursos em aplicações financeiras, ampliação do negócio e aumento do capital de giro ou do pró-labore. Da mesma forma, pode ser necessário cortar linhas de produtos, trocar fornecedores, alterar processos ou até mesmo dar uma guinada completa caso as projeções futuras apontem para um cenário desfavorável.

4. A importância dos dados históricos

Enquanto que os dados presentes têm relação direta com a projeção futura, os dados históricos têm relevância na análise de expectativas, que poderão ou não se confirmar. Isso diz respeito a fatores como época do ano, festividades e safras, tanto no Brasil como em países fornecedores de insumo ou consumidores dos produtos e serviços. Em períodos anteriores, essas variáveis tiveram certa influência sobre o resultado financeiro da empresa e, é provável, mas não certo, que isso ocorra novamente. Por meio da projeção financeira será possível preparar a empresa para suportar períodos de baixa atividade ou aproveitar oportunidades, conforme o que ocorreu em anos anteriores.

Um bom exemplo disso é a ocorrência da Copa do Mundo. Para alguns negócios ocorre incremento de receita, enquanto que para outros a atividade sofre retração. De posse dos dados financeiros dos períodos relativos a outras Copas do Mundo, será possível para o empreendedor definir a estratégia mais adequada ao seu negócio. Isso também vale para outros eventos como Eleições e Olimpíadas.

5. Aperfeiçoamento da projeção

Com o processo operando conforme descrito nos itens anteriores, o próximo passo será proceder com o aperfeiçoamento das técnicas e ferramentas usadas para a projeção. Isso deverá ser feito ao término de cada período (um mês ou um ano, por exemplo) e o objetivo será observar o quão próximo do resultado real a projeção se aproximou. Com as diferenças detectadas será possível traçar um plano de melhorias e realizar os ajustes necessários.

Com o passar do tempo as projeções se tornarão cada vez mais próximas à realidade e a empresa não será facilmente surpreendida por situações inesperadas, incluindo crises econômicas.

Vale ressaltar que esse procedimento de melhoria engloba todos os aspectos do processo. Sendo assim, é preciso verificar se a ferramenta escolhida é a mais adequada, se os dados históricos foram inseridos corretamente, se eventuais macros e fórmulas não contém erros e assim por diante. Tudo precisa ser checado para que não sejam produzidas distorções que induzam às constatação de problemas inexistes.


Projetar cenários futuros para as finanças da empresa não é um exercício de imaginação, mas sim uma ciência que emprega dados do passado e fatos do presente para produzir um provável cenário futuro.

De posse desse cenário o empreendedor poderá confrontar ameaças e oportunidades com o preparo necessário, garantindo assim a sobrevivência do negócio e ainda firmando as bases para seu crescimento.

Para implementar um projeto como esse pode ser necessário contratar um consultor financeiro. Este profissional é especializado em guiar empresas na escolha das ferramentas e técnicas mais apropriadas de acordo com o ramo de atuação e porte. Além disso ela poderá treinar o responsável por alimentar o sistema com os dados existentes e orientar o empreendedor sobre como retirar o melhor proveito possível por meio da correta interpretação dos resultados.

Para obter mais informações sobre esse assunto e conhecer experiências reais de profissionais que lidam diretamente com projeções financeiras, consulte a base de conteúdo do Clube Sebrae. O cadastro garante acesso a informações valiosas e possibilita participar da comunidade de especialistas em todas as áreas de negócios. Conecte-se!

Continue lendo
Indicados para você