Como o Salão Rosane superou as dificuldades e se tornou referência no segmento
[editar artigo]

Como o Salão Rosane superou as dificuldades e se tornou referência no segmento

A cabeleireira Rosane Monfardini começou sua trajetória em salões de beleza aos doze anos, com sua mãe, responsável por boa parte do aprendizado que ela carrega depois de mais de 30 anos de trabalho. "Por muitas e muitas vezes eu estava fazendo o cabelo dela e ela me perguntava, 'Isso tá bom?', e eu falava 'Não', e ela 'Faz de novo'. E esse faz de novo durava três, quatro, cinco vezes", conta Rosane.

O início

Tudo começou porque sua mãe também era cabeleireira e tinha um sonho de montar um salão, que se tornasse grande, e que aos poucos pudesse crescer com o trabalho e a dedicação de sua equipe. Para complementar ainda mais a história, há 17 anos ela conheceu o seu marido, Márcio Cardoso, e hoje eles são donos de um negócio que é modelo em Paracambi, interior do estado do Rio de Janeiro: o Salão Rosane

Márcio conta que no começo, quando eles se conheceram, o salão ainda era bem pequeno nos fundos da garagem da própria casa. "No início tinha um desnível no piso, então toda vez que chovia tinha que pedir para o cliente levantar os pés do chão", explica. Durante um ano Rosane trabalhou sozinha nesta garagem. "Eu fazia tudo: lavava, cortava, atendia telefone, varria o chão, recebia o dinheiro e guardava no bolso", conta a empreendedora.

As dificuldades

O problema que dificultava o seu caminho, naquele momento, era que ela não tinha noção de outros assuntos necessários para um negócio, como fluxo de caixa e gestão financeira. Com a chegada de Márcio ao negócio algumas coisas mudaram, e ele mostrou a ela a importância de manter um controle sobre todos os custos gerados no negócio, para que no final do dia eles tivessem anotado o que saía e o que entrava de dinheiro no Salão Rosane.

No primeiro ano do casamento quase que tudo foi para o buraco, pois as dificuldades cresciam cada vez mais. Aos poucos o negócio foi se ajeitando, o espaço foi ficando pequeno, e eles se viram obrigados a tomar conta da garagem inteira para o salão. Incluíram também outros serviços de beleza e a equipe do salão deixou de ser apenas composta pelo casal. O crescimento foi notável, inclusive para a carteira de clientes, que não parou de aumentar. "Quando você está sempre inovando, fazendo algo diferente, é porque você está crescendo", completa Rosane.

Hoje eles contam com uma equipe especializada, com todo o espaço do imóvel dedicado ao salão, e diversos outros serviços de beleza para sua clientela cativa e fiel.

O especialista Rudi Werner, pioneiro na profissionalização de salões de beleza no país, e dono da rede de Werner Coiffure, visitou o salão Rosane e bateu um papo com o casal de empreendedores sobre o caminho que eles passaram até chegar onde estão hoje. Confira!

Marcus Pereira
Marcus Pereira Seguir

Mkt Digital e Conteúdo @ Beracode

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar
Indicados para você