[ editar artigo]

Como recrutar gente talentosa sem gastar muito?

Como recrutar gente talentosa sem gastar muito?

O grupo de investimento 3G, liderado por Jorge Paulo Lemann — brasileiro com uma fortuna avaliada em 25 bilhões de dólares, que controla empresas como AB Inbev (maior cervejaria do mundo), Burger King, Heinz, entre outras — tem algumas práticas de gestão que poderiam ser seguidas por empresas de qualquer tamanho. A principal delas, em minha opinião, é contratar jovens PHDs, ou seja, gente Pobre, Honesta e Desesperada para obter sucesso.

Quanto você encontra, na mesma pessoa, necessidade, integridade e ambição, pode ter certeza de que o potencial para alcançar a alta performance é enorme. Quando gente assim encontra um ambiente de trabalho meritocrático, o resultado é espetacular.

Não estou dizendo que seja fácil encontrar PHDs e muito menos mantê-los motivados, pois a “fome” é grande. Entretanto, quando aprender a lidar com eles, terá a base para formar uma verdadeira fábrica de talentos, fator que atrai outros “foras de série”, que multiplicarão os resultados, criando um círculo virtuoso.

Para isso, você precisará formar uma rede de relacionamentos com professores de escolas técnicas e universidades, principalmente com aqueles que coordenam estágios. No início dará certo trabalho e demandará energia, e paciência para colher os primeiros resultados.

Investi muito tempo nessa atividade nos primeiros 15 anos de minha carreira como consultor, acompanhando pessoalmente vários clientes nas primeiras visitas e, depois, passados quase 30 anos, continuo verificando como a fórmula é poderosa, pois muitas dessas pessoas que ajudei a contratar a partir de meados da década de 1980 atualmente são executivos bem-sucedidos ou proprietários de empresas de alta performance.

Para começar, sugiro que faça visitas informais a escolas de formação técnica (ensino médio) ou universidades e procure tomar um café com qualquer professor (repito, qualquer um) que ministre aulas em matérias com alguma relação com atividades de sua empresa. Fale sobre seu negócio, sobre sua intenção de criar uma equipe de sucesso e peça a opinião dele sobre o assunto. Alguns se interessarão pela ideia e indicarão candidatos, que, se derem certo, propiciarão um histórico positivo que gerará novas indicações.

Abaixo veja outras fontes importantes para encontrar gente talentosa.

1. Peça ajuda de ex-“PHDs”

Subordinados, clientes, fornecedores, amigos e conhecidos que vieram de baixo, conhecem as dificuldades do caminho e conseguem identificar outras pessoas com histórias parecidas.

2. “Garimpe” no LinkedIn e mídias sociais

Quando o país enfrenta altas taxas de desemprego, sempre há gente boa desempregada ou subempregada à procura de oportunidades. Fique atento!

3. Contrate alguém para contratar

Se você tem recursos disponíveis e não tem tempo ou paciência para cumprir todas essas etapas sozinho, poderá contratar empresas ou pessoas para essa modalidade de trabalho. Aqui vale a mesma regra: procure indicações de pessoas que conheçam e atestem a qualificação do profissional em questão. Gente boa costuma indicar gente boa.

Você precisará calibrar sua seleção para encontrar pessoas compatíveis com seu projeto, pois contratar gente com potencial baixo ou mediano frustrará suas expectativas. Contratar um profissional de alto potencial sem a devida contrapartida da empresa frustrará a pessoa.

Com bom senso e perseverança é absolutamente possível encontrar talentos sem gastar muito.

Clube Sebrae
Eduardo Ferraz
Eduardo Ferraz Seguir

Consultor e palestrante. Tem mais de 25 anos de experiência e cerca de 30 mil horas de prática com consultoria em empresas e em treinamentos na área de gestão de pessoas. É comentarista em vídeos na EXAME.com e colunista na rádio BandNews.

Ler matéria completa
Indicados para você