[ editar artigo]

Como se livrar dos vilões que aumentam os custos na empresa

Como se livrar dos vilões que aumentam os custos na empresa

Reduzir custos é um hábito que, infelizmente, boa parte dos empreendedores apenas incorpora no seu dia a dia nos momentos em que o mercado se encontra em fases de instabilidade na economia. Contudo, para um empreendimento conseguir projeção e manter-se financeiramente estável e lucrativo, os empreendedores precisam se preocupar constantemente com a redução dos consumos da empresa.

Para isso, é preciso conhecer a fundo todas as suas fontes de despesas para saber verdadeiramente para onde está indo o seu orçamento e, assim, enxugar os gastos desnecessários.

Como aplicar a redução de custos na minha empresa?

A gestão financeira é o coração do seu negócio. Por isso, mesmo que um estabelecimento tenha obtido sucesso de vendas nos últimos meses e possua bons investimentos em técnicas de marketing, pode acabar sendo surpreendido por algum revés no faturamento mensal. E, com isso, pode ter que fechar as portas - ou diminuir drasticamente o número de funcionários - se tiver desconhecimento e descontrole sobre o que gasta e não reter total domínio sobre a origem dos seus gastos.

Antes de sair cortando despesas em todas as áreas e produções da sua empresa, o ideal é fazer sempre uma análise minuciosa de todos os de custos relacionados.

Nessa hora, ter disciplina é essencial para examinar com cautela a procedência, tipo e nível de importância que cada gasto arcado, sobretudo, de cinco anos para cá, representa para o empreendimento. E verificar de que maneira - positiva ou negativa - a sua saída ou permanência no quadro de consumo irá afetar os seus negócios e lucros.

Estratégias para reduzir despesas desnecessárias

Fazer uso frequente de um modelo detalhado de planejamento para eliminar gastos supérfluos vai permitir que se encontre com eficiência de onde vêm aqueles custos que não agregam muita representatividade e apenas somam desperdício de dinheiro. Desse modo, você vai poder eliminá-los do seu orçamento, sem evitar arrependimentos depois. E ainda com a segurança de que está cortando algo que não vai acabar comprometendo no futuro a excelência e qualidade dos serviços prestados pela sua empresa.

Confira a seguir poderosas dicas que garantem redução eficaz de despesas, e se livre de uma vez por todas dos vilões que ameaçam o orçamento do seu negócio!

  • Organize-se: crie uma planilha de orçamento e custos

Para fazer enxugar as despesas e trazer resultados satisfatórios, o indicado, primeiramente, é colocar na ponta do lápis qual o orçamento total que a sua empresa dispõe, com o que você tem dispendido todos os meses e, o principal - o quanto de valor foi estipulado para cada um desses consumos individualmente.

O ideal é fazer uma planilha orçamentária, de maneira pormenorizada, todos os gastos que você tem tido com seu negócio. Criando essa planilha mensalmente, você passará a ter sempre domínio sobre suas despesas e vai controlar melhor o seu orçamento. Assim, será possível empregar os recursos financeiros de modo bem mais inteligente, alocando-os nos custos certos que somarão real relevância e auxiliem no crescimento e lucratividade do empreendimento.

  • Diminua os gastos logísticos

O setor de logística, em geral, é uma das áreas da empresa onde mais se encontram possibilidades de redução de custos. Todavia, os devidos cortes devem ser realizados após uma averiguação completa e aprofundada de todas as etapas logísticas - armazenagem, distribuição, estoques, fornecedores, maquinários, etc -, para, então, saber onde se pode efetivamente reduzir excessos.

Uma dica é começar restringindo a compra de bens que não possuem muita saída de vendas na empresa. Investir em tecnologia da informação e criar um sistema de logística automatizado também contribui para encurtar despesas e ganhar maior velocidade nos processos; O que resulta em aumento de vendas e economia de dinheiro e tempo.

  • Minimize os gastos com energia elétrica

As contas salgadas de energia encabeçam a lista dos maiores vilões dos custos nas empresas. São elas que, quase sempre, acabam levando uma gorda fatia do orçamento das instituições. Mas, cortar o consumo excessivo de energia elétrica pode ser mais simples do que parece. Na maioria das vezes, requer apenas mudanças de comportamento e cooperação de todos os envolvidos na empresa.

Coloque em prática medidas simples como: apagar lâmpadas, desligar computador, tirar da tomada os demais aparelhos que consomem energia.

Outra dica para economizar é abrir as janelas do escritório e aproveitar a luz natural nas primeiras horas do dia. Se o orçamento da sua empresa permitir, considere usar lâmpadas LED no lugar das tradicionais e instalar sensores de presença que automaticamente desligam caso detectem a ausência de pessoas no ambiente.

  • Invista no marketing digital

É verdade que nenhum empreendimento sobrevive sem um bom planejamento de marketing. Porém, fazer uso de técnicas convencionais de marketing pode sair bem caro para algumas empresas.

Por esse motivo, muitos empreendedores tem optado por investir no marketing digital. Essa ferramenta veio para ficar e tem se mostrado uma excelente alternativa para empresas que buscam soluções para reduzir despesas com essa área. Devido, em grande parte, ao seu baixo valor, facilidade de manuseio e massivo alcance de público.

Redes sociais, e-mail marketing e publieditoriais em blogs e sites são alguns ótimos exemplos de estratégias de marketing online que você pode utilizar no lugar do marketing tradicional. Com certeza elas trarão uma grande folga para o orçamento da sua empresa no final do mês.

  • Não subestime nenhuma despesa

Busque otimizar todos os seus custos, especialmente aqueles que você acredita que não merecem tanta atenção. Pois, ao contrário do que parece, são eles os responsáveis por escoar uma grande parcela das finanças de qualquer negócio.

Alguns exemplos de gastos que, aparentemente, não representam tanto perigo ao orçamento são as despesas com materiais de escritório, internet, telefone, além de outros mais supérfluos - copos plásticos para cafezinho e água, papéis para impressão, dentre outros.

Reduza o impacto que esses itens com atitudes simples, como buscar por produtos de marcas mais baratas, manter uma relação próxima com seus fornecedores (e, assim, garantir sempre aquele desconto amigo ao final das compras). Além de aproveitar os planos tarifários empresariais mais em conta que as marcas de telefonia e internet costumam ofertar.

Gostou das dicas? Então aproveite e escreva um post e compartilhe conosco o que você tem feito para empregar a redução de custos aí na sua empresa.

Clube Sebrae
Malanny Serêjo Seguir

Formação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Experiência com assessoria de imprensa e produção de conteúdo para web.

Ler matéria completa
Indicados para você