[ editar artigo]

Como surgiu o Google Adwords e o Marketing de Busca

Como surgiu o Google Adwords e o Marketing de Busca

Nos anos 90 existiu uma corrida, tão poderosa quanto a corrida espacial que revolucionou o Marketing e a Publicidade. Hoje é um mercado que fatura muitos bilhões de dólares ao ano. Estou falando dos sites de busca. Afinal de contas, você já parou para pensar como seria a nossa navegação na internet sem o Google?

De um lado, um universo infinito de informações em escalas inimagináveis e de outro temos os mecanismos de busca (Google, Yahoo, Bing) que trazem qualquer informação em milésimo de segundo. Tão logo os sites de busca surgiram, empresas enxergaram aí um gigante potencial de publicidade e marketing. Surgia então, o que hoje conhecemos por SEM - Search Engine Marketing, ou Marketing de Pesquisa. 

O que é Search Marketing:

Search marketing é o processo de obter tráfego e visibildade a partir dos mecanismos de busca, utilizando métodos pagos ou orgânicos para isso.

Hoje, o Search Engine Marketing consiste em duas grandes áreas de conhecimento do Marketing Digital: O SEO, ou obtenção de visibilidade através de uma estratégia de conteúdo e a busca paga, utilizando plataformas como Adwords, Bing Ads e Yahoo Gemini.

Uma breve história do Search Marketing

Para compreender qualquer coisa, é preciso se voltar a sua história. Então vamos mergulhar um pouco na história de como surgiu o Adwords como plataforma de publicidade e o Seach Marketing em si.

A história do Search Marketing nasce junto com a internet, obviamente. 

Antes mesmo do surgimento da internet, em 1945, um pesquisador chamado Vannemar Bush, publicou um artigo na revista Times entitulado "As We may Think". Nesse artigo ele descrevia um dispositivo que expandiria nossa memória infinitamente, o que muitos acreditam ter sido uma "premonição" do que hoje é a internet. Ele descreveu um ambiente virtual infinito, rápido e confiável de extensa memória associativa com um sistema de captura de informações. 

Em 1960, Gerard Salton, considerado o pai dos mecanismos de busca moderno, criou um mecanismo chamado SMART - Salton´s Magic Automatic Retriever of Text. Um primeiro sistema rudimentar para captura de informações

Em 1975, o projeto ARPANET, projeto da defesa americana para transmitir informações entre computadores ligados no mundo todo foi aberto para Universidades e algumas outras Instituições. Isso seria o marco 0 da internet. 

Nos anos 90, com a popularização da internet para o público geral, alguns sites índices começaram a surgir. Eram verdadeiros catálogos de informações organizadas por seres-humanos. Quem se recorda essa época, vai lembrar que para achar alguma coisa, você tinha que ir clicando, de link em link, até por sorte, chegar na informação que você desejava.

Resultado de imagem para website 1990

1994 foi um marco para a história dos mecanismos de busca. Este ano a corrida para lançar o melhor site de busca começou a apertar. 

Surge primeiro o InfoSeek, um site de busca que funcionava bem, porém o Webmaster, ou seja, o dono da página precisava submeter ao sistema. É como solicitasse a visita do InfoSeek no seu site para que fosse catalogado, que ainda era feita por humanos. 

No mesmo ano surgiu o AliWeb, criado por Martjin Koster que desenvolveu o conceito de Meta Info, um conceito utilizado até hoje em html, para chamar informações que funcionam como instrução de como catalogar, categorizar aquelas informações do site. 

Ainda em 1994, surge o Yahooooo, o primeiro site de busca como conhecemos hoje e além dele, surge também o primeiro WebCrawler, os "robôs" que navegam pelas páginas na internet fazendo o trabalho de indexação dos conteúdos. 

Em 1995 é lançado o Altavista e o Excite, dois sites que garanto que muitos vão lembrar. 

Resultado de imagem para altavista

Em 1996 é lançado o BackRub, a primeira versão do que viria a ser o Google. Dois estudantes de Stanford, Larry e Sergey desenvolvem um novo método que permitia avaliar os conteúdos na web. Através de um sistema de ranqueamento chamado PageRank, o sistema de busca entendia uma citação ou um link para um conteúdo como um "voto", entendendo que um site com vários links apontando para ele, seria um conteúdo de maior autoridade. 

Em 1998, o Google recebe um investimento milionário, para construir o que hoje é a maior plataforma de busca do mundo. A corrida era grande porque todas essas empresas da época sabiam o potencial de publicidade que os mecanismos de busca tinham. 2 anos depois, em 2000, o Google lança a plataforma Adwords. Nas palavras do fundador Larry Page:

"Adwords oferece a mais avançada funcionalidade que permite que qualquer anunciante no mundo possa rapidamente criar de maneira flexivel uma campanha que melhor se encaixe aos seus objetivos de marketing"

O Adwords na verdade foi o segundo programa de publicidade que o Google havia lançado. O primeiro era chamado Patrocínio Premium e era vendido diretamente por um time de vendas que vendia espaços de banners nas páginas de resultados de busca. Esse programa mais tarde foi incorporado pela plataforma Adwords, o que hoje é conhecida como a Rede de Display do Google. 

O Poder dos sites de busca

Quando os investidores discutiam sobre o novo site do momento Google.com, um deles falou:

- Legal, mas não tem publicidade no site. Como vamos fazer dinheiro com esse site? 

Então o outro respondeu:

- Estes caras (Larry e Sergey) estão resolvendo o maior problema da internet e se a gente não conseguir fazer dinheiro com isso é melhor a gente cair fora do mundo dos negócios.

Um empresário presente naquela corrida conta o que eles haviam percebido naquele momento:

"Palavras-chave são o futuro do negócio. Palavras-chave era algo tão valioso porque quando uma pessoa digita uma palavra-chave, ela está abrindo uma janela para as intenções dela naquele momento. Se ela digitar algumas palavras-chave, isso é insanamente valioso. É como se pudéssemos entrar na mente das pessoas e entender o que elas querem"

Todos haviam percebido o poder que os sites de busca teriam na mão, mas talvez não imaginariam as cifras que isso poderia os levar. 

Um negócio bilionário

Eu sempre penso que as ideias geniais são também as mais simples. Quem diria que palavras seria um mercado tão valioso? 

Um dos mais lucrativos hoje em dia. Segundo o site Stata, a receita do Google em 2017 foi de 109 Bilhões, com crescimento de 25% em relação ao ao anterior.

A Busca é grande

Muitas pessoas dizem que o Google veio para acabar com as discussões de bar. É impossível ficar com qualquer dúvida no ar. Ter um celular na mão mudou tudo. Com um acesso ilimitado a informação, literalmente, nas nossas mãos, nós estamos acostumados a recorrer aos nossos smartphones para aquela consulta rápida sobre qualquer assunto. 

São aproximadamente 1,2 trilhões de pesquisas no Google por dia, ou 66.492 pesquisas POR SEGUNDO. 

Concordo com a frase do investidor que disse que se não der um jeito de fazer dinheiro com isso, é melhor cair fora do mundo dos negócios. 

Para saber como a internet e as buscar estão impactando toda a nossa jornada como consumidores leia o meu mais recente artigo Como o momento do consumidor impacta nas suas vendas

Este artigo de hoje faz parte do meu curso que ensina estratégias em Search Marketing. Em breve, eu colocarei mais informações aqui sobre ele. 

Espero ter curtido esse conteúdo. 

Abraços

 

 

Clube Sebrae
Matheus Ferraz
Matheus Ferraz Seguir

Escritor e consultor de SEO @Upwell

Ler matéria completa
Indicados para você