[ editar artigo]

Como um consultor pode ajudar uma pequena empresa?

Como um consultor pode ajudar uma pequena empresa?

Manter uma pequena empresa no Brasil é uma tarefa que exige muito jogo de cintura e conhecimento. Existe um alto índice de negócios desse porte que fecham as portas, dado ao grau de dificuldade do mercado. Os maiores motivos responsáveis por isso dizem respeito à dificuldades de gestão e problemas com o financeiro. A boa notícia é que um consultor pode ajudar uma pequena empresa, fornecendo informações estratégicas para que questões de risco sejam dribladas.

Quer entender como uma consultoria pode ajudar? Continue conosco e descubra os benefícios que o auxílio de um profissional pode trazer para o crescimento e a saúde do seu negócio!

O que é a consultoria empresarial?

Uma empresa é composta por diversos processos e fluxos de trabalho, específicos de cada departamento. Os diferentes setores, embora se complementem, apresentam práticas próprias, pertinentes de cada área.

Um consultor é um especialista que possui conhecimentos avançados sobre um tema ou um segmento. Ele pode observar seus processos e identificar erros, desenvolver projetos para aprimorar a gestão, ajudar em uma empreitada etc.

De maneira geral, um consultor oferece uma visão técnica e analítica do que está acontecendo na corporação. Em casos específicos, fornece as soluções e caminhos para sair de problemas ou para atingir sucesso.

No mundo dos negócios, essa prática possibilita melhorar a tomada de decisão. Com o auxílio de um especialista, os recursos são melhor aproveitados, por meio de um planejamento estratégico, que alinha as práticas com os objetivos da empresa.

Qual é a importância de contar com um consultor?

Um pequeno negócio, na maioria das vezes, conta com um elenco reduzido. Para trabalhar com uma equipe mais enxuta, a ajuda do consultor fornece informações especializadas para dar suporte ao trabalho desses funcionários.

O consultor também fornece caminhos para o crescimento da empresa. Como os gestores têm menos meios para investir e precisam tomar passos certeiros, um expert pode elaborar um plano de negócios. Esse planejamento situa a empresa perante o mercado, identifica a concorrência e projeta um crescimento saudável para a organização.

Como um consultor pode ajudar uma pequena empresa?

Um pequeno empreendimento precisa de muita sabedoria e gerenciamento para conduzir os seus recursos de maneira adequada. Afinal, como conta com menor disponibilidade de capital e elenco, o gestor deve tomar decisões bem acertadas, para não prejudicar o negócio.

A fim de não lesar a atual estrutura da empresa e conseguir a escalabilidade necessária para expandir, contar com a ajuda de um profissional é fundamental. Quando bem respaldados, os gestores conseguem os conhecimentos necessários para guiar o negócio de maneira cautelosa, mas empreendedora.

Planejamento estratégico

Para que as ações da empresa sejam executadas de acordo com os objetivos finais para o negócio, é preciso ter um plano bem estruturado. Um consultor pode auxiliar o empreendimento a construir seu planejamento estratégico.

O documento estrutura quais as metas e desejos futuros da empresa. A partir daí, o caminho para atingir esse resultado é estipulado, usando-se de metas, indicadores, melhoria contínua e visão sistêmica.

Financeiro

O departamento financeiro é um desafio para empresas de qualquer porte. A má gestão deste setor prejudica diretamente a saúde do negócio, podendo inclusive interromper o funcionamento do empreendimento.

Os impostos são bastante altos e impactam nos lucros, o capital de giro é escasso e qualquer erro pode prejudicá-lo, a margem para cumprir com o pagamentos das dívidas é pequeno, diferenciar os rendimentos pessoais dos rendimentos da empresa também requer sabedoria.

Um consultor especializado pode analisar as informações do departamento, bem como visualizar os erros cometidos, indicar os melhores caminhos para estabilizar as contas, gerir o capital e planejar os pagamentos tributários.

Comercial

Uma pequena empresa depende diretamente de suas vendas. Como o dinheiro precisa entrar com maior agilidade, para alimentar o capital de giro, é preciso investir em aprimorar esse setor. Como ele é o comunicador entre seu negócio e os clientes, deve ser feito com maestria.

Um consultor ajuda a traçar um plano de vendas eficaz, além de estabelecer um protocolo de atendimento e apresentação dos produtos. Com essas informações, o pequeno estabelecimento adquire armas para negociar com mais qualidade.

Marketing

Uma pequena empresa não dispõe de caixa para realizar grandes investimentos de marketing. Porém, em um cenário de concorrência altamente acirrada, é preciso saber fazer uma boa divulgação dos seus produtos e serviços.

Um consultor especializado pode analisar seu mercado, o melhor público-alvo e a estratégia mais acertada. Desse modo, é escolhida a ação que pode ter melhores resultados, aproveitando melhor os recursos disponíveis para isso.

Recursos Humanos

Lidar com pessoas não é uma tarefa fácil. Existe o aspecto humano e também legal dessa relação, que precisam ser bem administrados. Em um negócio de pequeno porte, não se conta com tantos profissionais para monitorar as atualizações das leis trabalhistas, cumprimento de medidas de segurança no trabalho etc.

Um especialista no assunto pode ajudar a empresa a padronizar certos procedimentos de contratação. Ou, ainda, situa o gestor sobre todas as questões trabalhistas que estão desordenadas e precisam estar alinhadas com a legislação.

Jurídico

O Brasil é um país altamente burocrático.Em contrapartida, passamos por um momento em que o público procura cada vez mais por empresas corretas, que cumprem a lei e não se envolvem em escândalos por falta de ética.

Um consultor jurídico ajuda a prever todos os riscos que o negócio corre judicialmente. Também analisa processos que podem estar operando fora das regras estipuladas. Assim, problemas trabalhistas, burocráticos e legais, de maneira geral, podem ser evitados. Os gestores conseguem se atentar para questões que devem ser cumpridas com regularidade e não podem ser ignoradas.

Um consultor pode ajudar uma pequena empresa, desde a estruturação de seus processos até a lidar com um grande problema impactando o negócio. A importância de contar com um profissional é que ele pode fornecer informações e técnicas especializadas, para dar suporte aos administradores. Assim, o gestor consegue compreender melhor seus fluxos de trabalho, compreender o mercado, as leis e gerenciar com maestria seus recursos financeiros.

E, na sua pequena empresa, quais são os problemas que podem ser resolvidos com a ajuda de um consultor? Comente conosco e faça parte de uma comunidade voltada para impulsionar a gestão dos pequenos negócios!

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você