[ editar artigo]

Gastronomia Empreendedora #3: Crescimento vem com qualidade e evolução

Gastronomia Empreendedora #3: Crescimento vem com qualidade e evolução

Evoluir nos negócios significa observar todos os dias em que ponto é possível melhorar seus produtos e serviços. Entretanto, a qualidade também vem com o tempo, mas é característica primordial para obter êxito. Tanto quanto qualidade e evolução, acertar o negócio depende de resiliência. Sim, todos os chefs de cozinha que tivemos aqui no “Gastronomia Empreendedora” do Clube Sebrae nesse mês de dezembro falaram de resiliência e qualidade para chegar ao sucesso.

Junior Durski, atualmente dono de 141 empreendimentos com seis mil colaboradores e três marcas (Durski, Jerônimo e Madero), quebrou seis negócios antes de finalmente conquistar o público com seu produto inovador e que revolucionou as redes de fast food em Curitiba.   

De família de madeireiros da Amazônia, Durski insistiu, persistiu e reavaliou sua operação, porque acreditava que seu produto era muito bom. Além disso, ele confiava no trabalho e no atendimento que se propunha a realizar. Ele estava quase certo, porque quando diminui o valor do seu sanduíche de entrada, caiu nas graças do público. Para ele, pobre precisa pagar barato, mas rico adora pagar barato. Então, teve que rever o preço que estava cobrando e assim estourou em vendas.

Hoje, o chef diz que toda essa evolução não para, porque evoluir é estar em constante avaliação. Todos os dias você precisa ponderar o que pode melhorar, onde está errando e o que precisa mudar. Só assim, a empresa não fica pra traz. Todos nós podemos melhorar todo dia um pouco mais. Ser humilde é olhar para si e trabalhar para aperfeiçoar seu negócio e se superar. O chef diz que conquistou a qualidade que hoje tem o seu sanduíche com muito estudo, mas principalmente olhando em volta e descobrindo os melhores opções em fornecedores.

O sanduíche do Madero não tem um segredo, mas sim o Madero tem 120 deles e todos são fruto de muito trabalho. Por isso, cada um precisa descobrir o seu segredo, o seu formato correto de empreender, o seu melhor prato e o modelo de negócio mais adequado para você. Pois todos nós temos quase que as mesmas oportunidades, mas é preciso saber quando e quanto aproveita-las.

Um ótima oportunidade são os momentos de dificuldade. Durski compartilha da dica dos economistas de nunca perder uma boa crise, pois é nesse momento que além de você mostrar seu potencial, os valores estão mais baixos para reinvestir, contratar fornecedores com valores mais justos e até construir com mais rapidez e eficácia. A crise traz facilidades e disponibilidade de novas oportunidades.

O segredo é suar a testa para empreender na cozinha

Você conhece alguém com sucesso que não trabalhe bastante? E você já viu algum alimento bem preparado sem passar por todos os processos necessários para chegar a ser empratado? Se não forem mágica ou herdeiros de grandes fortunas, as duas coisas com certeza não acontecem sem que respeitem os processos para chegarem a ser finalizados. Aliás, mesmo com toda a tecnologia 4.0 e a transformação digital, tudo tem um começo, um meio e um fim, ou seja, um desejo, um trabalho e um sonho realizado.

No caso de cozinheiros com experiência, eles só ganharam o traquejo do negócio, podendo inclusive escolher posteriormente o mais lhe agrada na gastronomia, depois de percorrer todo o caminho entre os Commins ao Toque Blanc. Por isso que, para executar qualquer função, inclusive na cozinha, é necessário praticar, estudar e se dedicar muito. Mesmo que o chef receba uma boa mentoria, o treino rotineiro não poderá ser substituído por nada.   

Essa também é a vivência compartilhada por Junior Durski. O proprietário da rede Madero, que faz o famoso sanduíche com gosto de churrasco, diz que passou por todos os ambientes de uma cozinha até chegar à criação. Ele confessa que muitos desses processos não o agradaram, mas que para alcançar seu objetivo, aprendeu a gostar, porque entendeu que o ônus também é parte integrante do bônus.  

O empresário chef também frequenta congressos e entidades de classe para buscar informações do setor, ponderar e incrementar sua operação, além é claro de também mostrar à categoria de empreendedores quais são as soluções que para ele servem e quais não funcionam. Isso fomenta as trocas que fazem com que os negócios possam se desenvolver, além de proporcionar a união de empreendedores.

Assim como Flávio Frenkel, cujo vídeo também pode ser visto aqui na ação “Gastronomia Empreendedora” do Clube Sebrae, Durski diz que conhecer diversas praças, trabalhar para os outros e vivenciar diferentes técnicas são itens que irão enriquecer o portfólio do chef e farão com que ele possa chegar a desenvolver suas técnicas num prato conhecido, mostrando sua identidade ao alimento.

Durski conseguiu levar o gosto do produto caseiro a um sanduíche fast food, que leva à mesa do seu cliente contemporaneidade e aconchego. Na primeira vez que eu pedi um lanche delivery recebi uma carinhosa carta da rede, se desculpando pela mudança do pão e das fritas para permitir que a qualidade final da minha refeição chegasse perto do frescor do restaurante.

Esse toque humanizado é característica pessoal do chef Junior, que não mede esforços em mostrar que seu sucesso tem um segredo: o suor da testa do trabalho duro e persistente. Ele conta ainda que uma rotina de vida saudável permite que as pessoas consigam usufruir melhor de cheiros e aromas que a cozinha oferta.

Se você me perguntar se depois dessa conversa eu consegui a receita da maionese do Madero ou da porcentagem de bacon no hambúrguer, vou te dizer que não faço ideia, mas tenho certeza de que houveram muitos testes para se chegar ao paladar do madeireiro. Isso agradou a população de Curitiba e rompeu fronteiras, mostrando que a gastronomia da cidade pode orgulhar sua população, formar muito bons chefs e levar qualidade na alimentação de toda uma sociedade. Se alimentar bem pode ter ingredientes do quintal de casa e saúde tem tudo a ver com aquilo que consumimos.

Clube Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista, MEI e gerente de comunidades do Clube Sebrae!

Ler matéria completa
Indicados para você