[ editar artigo]

DESIGN DE SERVIÇOS: A ARTE DE CRIAR EXPERIÊNCIAS COM MARCAS

DESIGN DE SERVIÇOS: A ARTE DE CRIAR EXPERIÊNCIAS COM MARCAS

O termo não é novo, mas está cada vez mais em alta. Em meio a grandes problemas econômicos, o Design de Serviços pode ajudar muitos empreendedores a andar na contramão da crise. Steve Jobs já disse que “Design não é apenas o que parece e o que se sente. Design é como funciona.” Por mais competitivo que o preço seja, o produto ou o serviço podem ser os mesmos, mas a forma como eles chegam ao cliente e a experiência envolvida no processo de compra é o que faz a diferença.

O Design de Serviços tem como foco principal as pessoas. Entender as necessidades delas e projetar um fluxo inteligente de serviços para que tudo ocorra da melhor forma , reduzindo erros e falhas no que antes era feito empiricamente. Tudo isso baseado em análises criteriosas e experimentos reais que envolvem diversas áreas do conhecimento.

Sejamos mais claros! Imagine a cena: “Por causa do mau tempo seu voo atrasou e você tem reunião marcada em outra cidade e por isso está uma pilha de nervos. A companhia área não tem como mandar em São Pedro, mas tenta amenizar a sua angústia oferecendo um espaço agradável para que você possa relaxar e fugir do estresse do saguão do aeroporto. Uma funcionária muito educada vem até você e o encaminha para a “sala zen” da companhia para que você possa fazer uma quick massage e ainda desfrutar de um chá de erva cidreira feito na hora. Está mais relaxado, né?! Com certeza você teve uma ótima experiência e recomendará a empresa.

O Design de Serviços pode ser aplicado em qualquer segmento (offline e online). Quem sabe um dia no serviço de saúde pública do nosso país? O que acham da ideia?

Clube Sebrae
Daniele Ferreira Paiva
Daniele Ferreira Paiva Seguir

Designer - Daniele Paiva Design

Ler matéria completa
Indicados para você