[ editar artigo]

MEU NEGÓCIO VIROU UM ABACAXI?

MEU NEGÓCIO VIROU UM ABACAXI?

Tomar a decisão de encerrar um negócio é tão ou mais difícil do que inicia-lo porque é preciso muito mais critério quando já se possui clientes, estoque, nome, funcionários, dívidas... E é pensando nas dívidas que muitos empresários decidem jogar a toalha e partir para outras frentes, tentando opções mais rentáveis para seus investimentos, principalmente enquanto há o que investir.

No Brasil há uma grande volume de empresários que iniciam seus negócios sem conhecimento, sem planejamento e o encerramento da empresa se dá por uma simples aplicação da lei de causa e efeito. A probabilidade de sucesso é diretamente proporcional ao grau de profissionalismo que lhe deu origem. A crise não perdoa os amadores.

Encerrar um negócio pode ser estratégico para ganhar fôlego ou diminuir a sangria financeira, principalmente depois que todos os ajustes foram feitos para cortar custos e melhorar as vendas e o resultado não foi suficiente. A decisão de fechar uma empresa ou parte de sua atuação pode ser a coisa mais sábia a se fazer para proporcionar o surgimento de uma nova oportunidade, mais promissora e mais lucrativa.

No entanto, mesmo que o problema seja urgente, não se deve agir por desespero, abdicando de uma boa análise, levando em consideração alguns pontos, tais como:

- esse novo negócio tem potencial? Avaliar o quanto ainda existe de demanda, já que há poucos empreendimentos absolutamente inovadores e que não tenham concorrentes, ao menos substitutos. E, se o negócio não é inovador, se há possibilidade de criar diferenciais, despertando maior interesse dos consumidores para uma nova proposta de consumo do produto ou do serviço;

- tenho vocação para esse mercado? Se você pretende abrir uma empresa em um ramo onde não possui experiência ou não esteve no seus rol de interesse nos últimos tempos é provável que vá patinar muito mais para obter sucesso do que alguém que tem habilidade e expertise;

- tenho condições de investir? O Plano de Negócios continua sendo o melhor instrumento para planejar um empreendimento antes de sair gastando dinheiro. E tenha certeza que é muito mais barato fazer um plano do que descobrir que o negócio era inviável seis meses depois de iniciar as atividades;

- o problema está na minha empresa ou o problema sou eu? Porque se o problema é a sua habilidade de gestão, porque outras empresas do mesmo segmento estão sobrevivendo e até crescendo, é bem possível que mudar para um novo negócio será apenas transferir o abacaxi para outro CNPJ, já que a sua forma de administrar é que está gerando ou potencializando a dificuldade.

De qualquer maneira é imperativo buscar informações especializadas antes de baixar as portas e procurar novos horizontes. Ouvir a opinião de amigos e familiares pode ser bom para iniciar a discussão, mas a batida do martelo deve acontecer quando as questões técnicas, jurídicas e financeiras forem bem avaliadas.

Clube Sebrae
Ana Lucia Luz
Ana Lucia Luz Seguir

Consultora e Coach - ALZ Consultoria

Ler matéria completa
Indicados para você