[editar artigo]

Sua empresa pode adotar o Modelo de Excelência da Gestão (MEG)?

O Modelo de Excelência da Gestão ou MEG, é um modelo de gestão empresarial baseado em Fundamentos e Critérios da Excelência. Este modelo reflete experiências, conhecimentos e trabalho de pesquisa de diversas organizações e especialistas do Brasil e do exterior. Toda a gestão deste modelo é coordenada pela Fundação Nacional da Qualidade – FNQ e conta ainda com a participação das mais renomadas empresas, nacionais e multinacionais, instaladas no País.

O MEG NÃO é um modelo prescritivo e NÃO pretende indicar, tal qual uma receita de bolo, que ferramentas utilizar e nem como estruturar e gerenciar o seu negócio. Baseia-se em Fundamentos e Critérios, os quais descrevem os pontos que uma empresa deve concentrar sua gestão, no intuito de atingirem resultados superiores e que levem em consideração todas as partes interessadas, tais como clientes, pessoas, fornecedores, sociedade e meio ambiente, parceiros, Governo, etc.

Qualquer empresa pode adotar o MEG como ferramenta de gestão, sem precisar desembolsar um real se quer. A grande dificuldade, porém, é interpretar corretamente seus conceitos e implementar os processos empresariais na sua organização. Empresas líderes de diversos segmentos utilizam o MEG no direcionamento e condução de sua gestão, muitas delas reconhecidas e premiadas pela FNQ, dentre as quais é possível destacar a Volvo do Brasil, Gerdau, Sabesp, Xerox, Citibank e Siemens.

Mas o MEG também pode ser adotado por empresas de pequeno e médio porte? Sim! Pode e é recomendado. Um dos pilares do MEG é o conceito de boas práticas ou melhores práticas, as quais podemos definir como sendo as melhores formas de se executar determinado processo ou sistemática. E como isso é possível? Utilizando uma ferramenta de gestão simples e muito eficaz. Estou me referindo ao Benchmarking, processo pelo qual uma empresa estuda como um concorrente direto ou indireto planeja, executa, mede e gerencia determinados processos empresariais. Através de um processo de Benchmarking sistematizado é possível implementar mudanças periodicamente em uma organização e em seus processos, permitindo que esta se mantenha consistente, competitiva e perene ao longo dos anos.

Cícero Caiçara Junior

Primazia Consultores Associados

Sócio-proprietário

Cícero Caiçara Junior
Cícero Caiçara Junior Seguir

Sócio-proprietário - Primazia Consultores

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar
Indicados para você