Nicho X Cultura local = RESTAURANTES EM LUGARES INUSITADOS
[editar artigo]

Nicho X Cultura local = RESTAURANTES EM LUGARES INUSITADOS

Maringá é uma cidade de porte médio-grande com 397000 habitantes e com sua história e economia muito acentuada na agricultura.

Devido a esses aspectos e por ser uma cidade do interior é muito forte a cultura da alimentação na base de carne, por isso, não faltam opções de Bares e Restaurantes com vários tipos de carnes no cardápio.

Até o momento falamos dos aspectos da cultura local mas é agora que entra o outro lado da história:

Estima-se que 4% da população brasileira, ou seja, 7,6 milhões de pessoas são adeptas ao veganismo e/ou vegetarianismo.

Junte esses dados há uma tendência na mudança no comportamento do brasileiro em busca por uma alimentação mais saudável e teremos um nicho.

Vamos dar uma olhada como duas empresas de Maringá conseguiram segmentar seus negócios por nichos:

Caso 1) Vaca Louca Café Vegetariano:

Café e Restaurante Vegetariano e Vegano aberto há seis anos. Possuem uma receita perfeita com bom atendimento, lugar agradável e ótima comida.

No Vaca Louca você pode comer a Coxinha, o Kibe, o Hambúrguer, o Cachorro Quente entre outros sem conter origem animal nesses alimentos.

Caso 2) Faz Bem Restaurante Natural

Buffet Self-Service com preço fixo, localizado ao lado da Universidade Estadual de Maringá.

Atendem vários perfis de Clientes desde Universitários, Famílias e mais um montão de outras pessoas interessadas em uma alimentação mais balanceada.

O seu Bar/Restaurante, está atendendo qual NICHO de Clientes?

O modelo de negócios da sua empresa está preparado para atender um NICHO?

Busque essas respostas e você terá um caminho mais seguro para trilhar o mundo dos Nichos de Mercado!

João Luis Moura
João Luis Moura Seguir

Consultor - Sebrae

Continue lendo
Indicados para você