O atacado não viu a crise. E não verá!
[editar artigo]

O atacado não viu a crise. E não verá!

O “atacarejo” só ganhou com a crise. Cresceu em 2016, mais que o Brasil em 5 anos. E as perspectivas permanecem otimistas para 2017.

Antes frequentado por comerciantes e pessoas em busca de bebidas baratas para festas, o canal passou a atrair o consumidor final, levado pela crise e as perspectivas de inflação alta. Tornou-se cenário para o hábito da compra de mês familiar.

Embora a decoração e o sortimento sejam menores que os hiper e supermercados, houve fidelização. Há estados, inclusive, atentos ao movimento e buscando alterar o regime tributário, dado o volume de pessoas físicas que migraram ao canal.

A cesta e o limites

Mercearia, doces e salgados e bebidas permaneceram como produtos mais buscados.

Higiene pessoal destacou-se, mais uma evidência da presença de famílias entre os fardos e caixas dos atacadistas.

O custo baixo alavanca o crescimento, o pouco sortimento limita. Outra vantagem que os médios empresários sempre terão frentes aos grandes, olhar ao detalhe e antecipação a demanda do cliente que está em seu balcão.

Irreversível

Grandes empresas que operam bandeiras tanto no atacado quanto no varejo estão unindo o máximo de operações.

O movimento, irreversível, tem duas funções, que são justamente as oportunidades para os médios empresários:

1 - Aumento de sortimento

2 - Fidelização

Oportunidade

A dificuldade dos grandes é justamente o diferencial das médias empresas.

Há maior mobilidade para variação de sortimentos e adequação da cesta à demanda, o que gera fidelização.

A família não precisará ir ao concorrente maior. Ninguém mais que você conhece a sua região.

Previsões

Associações patronais e empresas de marketing divergem quanto ao faturamento para 2017.

A única certeza é que o atacado não viu e não verá a crise.

Quando a economia voltar a decolar, os clientes já estarão fidelizados.

Melhor cenário que este, só em conto de fadas!

Você já conhece o Clube do Empreendedor Sebrae? Faça já o seu cadastro e receba novidades do mundo do atacado em seu e-mail.

Boas vendas em 2017.

Sandra Trujillo Costa
Sandra Trujillo Costa Seguir

Gestora de Projetos - Sebrae Paraná

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar
Indicados para você