[ editar artigo]

Pastilhas adesivas: saiba tudo sobre esta tendência antes que ela passe!

Pastilhas adesivas: saiba tudo sobre esta tendência antes que ela passe!

Empresas que atuam no segmento de materiais de construção e reformas são aquelas que trabalham dia e noite para buscar novas maneiras de entregar o mesmo benefício aos clientes, com o mínimo de sujeira e transtorno.

Porque, sinceramente, eu não conheço ninguém que nunca tenha tido preguiça de fazer uma mudança na decoração de casa por conta da bagunça gerada. Para quem mora em apartamento então, nem se fala. Além do transtorno dentro de casa ainda é necessário aturar o aborrecimento dos vizinhos.

Falando sobre isso, de todas as áreas da obra uma das que mais ajuda na geração desse problema é a parte dos revestimentos, tanto os de parede quanto os piso. E é justamente por isso que novas soluções de acabamentos surgem para facilitar a instalação, evitar quebra-quebra, desperdício de materiais, e ainda por cima, toda a sujeira inerente à obra.

As pastilhas adesivas fazem parte deste novo segmento de produtos, e como você já percebeu no título, neste post eu vou mostrar a você tudo sobre esta excelente alternativa que continua sendo tendência para sua reforma.

Como assim pastilhas adesivas?

Imagino que você deve estar pensando: peraí, mas como vou adesivar aquelas pastilhas tradicionais que conhecemos?

Justamente porque as pastilhas adesivas não são iguais àquelas que nós estamos acostumados. Elas são feitas de uma resina conhecida como poliuretano – mais leve que o material das convencionais – e um adesivo, que junto de uma cola de alta resistência garante a fixação do material.

Com durabilidade de 5 anos para áreas úmidas e secas, e de 2 anos para áreas molhadas, elas foram pensadas justamente para serem uma solução de maior qualidade justamente para estes últimos ambientes, como os banheiros, a lavanderia e a cozinha.

Onde as pastilhas adesivas podem ser aplicadas?

Existem empresas que ficam em dúvidas sobre o investimento nas pastilhas adesivas, muito por conta dos locais onde é seguro e permitido fazer a aplicação. A orientação é que as pastilhas adesivas sejam instaladas em superfícies lisas que podem ser as seguintes: cerâmicas, MDF e compostos de madeira, porcelanatos, vidro, metais ou sobre paredes pintadas com tintas acrílicas, latéx e epóxi. Ou seja, é uma gama tão grande de alternativas que não faz sentido algum ter receio sobre a instalação das pastilhas.

Como fazer a aplicação?

Diferente do que muitas pessoas pensam, a facilidade de aplicação das pastilhas adesivas é uma das grandes vantagens para quem quer investir neste segmento. Não é necessário contratar um profissional especializado, já que as pastilhas vêm em placas com plásticos de transferência na frente e atrás.

Para instalar é só tirar o plástico de trás, deixando exposto o material adesivo que será colado quando em contato com a parede. Depois é só pressionar a placa com auxílio do plástico da frente para conferir mais firmeza ao acabamento. Vale lembrar, no entanto, que a superfície de aplicação precisa estar limpa e seca. Caso contrário, a instalação não vai funcionar.

No caso de áreas molhadas, como as bordas de piscina e o interior de boxes de banho, é necessário aguardar 48 horas sem que as pastilhas tenham contato com água e umidade para evitar problemas. É ainda possível fazer acabamentos em tamanhos menores. Para isso um estilete é o suficiente para cortar as placas de pastilhas adesivas.

Quanto custa?

“Ah, com tantos benefícios assim essas pastilhas devem ser super caras.” Engano seu. A economia financeira é também uma vantagem deste tipo de revestimento, com preço semelhante ao encontrado no modelo convencional.

Peças quadradas, normalmente vendidas com dimensões de 30 x 30 cm, podem custar em média entre R$25 e R$40. Se pensarmos que cada metro quadrado contempla 11 dessas, vamos ter um preço de R$275 a R$500 aproximadamente o metro quadrado. Apesar deste baixo custo, o preço das pastilhas adesivas ainda pode ser mais alto, se comparado com as convencionais.

Tá, mas e no fim das contas: vale a pena investir em pastilhas adesivas?

Esta é a pergunta que não quer calar, e como muitas coisas nesta vida, vai depender do objetivo do seu cliente. Os especialistas no assunto indicam: caso a intenção seja de trocar o revestimento de uma área como a cozinha ou o lavabo sem muita bagunça, de forma rápida e passível de alteração futura, as pastilhas adesivas são uma excelente escolha. Em especial se o caso for de um imóvel alugado que necessita de uma modificação sem alterar a estrutura original.

No entanto, se for o caso de fazer uma reforma com acabamento definitivo para uma durabilidade maior, o ideal é investir nas pastilhas convencionais. Neste caso o custo é maior, a bagunça da reforma é necessária mas o resultado vai ficar mais condizente com o objetivo.

Resumindo, o ideal é que o seu negócio possa oferecer as duas opções para o cliente, já que é o objetivo dele que vai definir a escolha de uma em detrimento da outra. Além disso, munido de todas as informações presentes aqui, será muito mais simples e eficiente de você oferecer a melhor solução para o problema do seu cliente.

Você gosta do conteúdo que publicamos no Clube? Saiba que muitos empreendedores que compartilham conhecimento conosco já tiveram novas oportunidades de negócio que surgiram a partir do networking gerado por aqui. Está esperando o quê? Faça seu cadastro agora e comece a interagir também com nossa comunidade gerando e compartilhando conteúdo!

Clube Sebrae
Marcus Pereira
Marcus Pereira Seguir

Mkt Digital e Conteúdo @ Beracode

Ler matéria completa
Indicados para você