[ editar artigo]

Perdeu o engajamento no Facebook? Saiba como superar o algoritmo!

Perdeu o engajamento no Facebook? Saiba como superar o algoritmo!

Se você gerencia uma página comercial do Facebook nos últimos anos, provavelmente notou uma queda no número de seguidores que visualizaram e interagiram com suas postagens orgânicas que você divulga na página.

 

Há duas razões para isso?

1 – Seu alcance orgânico diminuiu no Facebook.
2 – Há (muito) mais conteúdo de anúncio competindo por espaço no feed de notícias.

Esse declínio observado no alcance orgânico do Facebook começou em 2014, quando Brian Boland, vice-presidente de Tecnologia de Publicidade do Facebook, disse que o Facebook estava simplesmente gerenciando mais conteúdo publicitário do que costumava, e o espaço do News Feed é mais competitivo entre os profissionais de marketing.
Boland, agora vice-presidente de soluções para editores do Facebook, está certo.

Há simplesmente muito conteúdo sendo publicado no Facebook, tornando a visibilidade no feed de notícias cada vez mais competitiva. E o Facebook se esforça para mostrar às pessoas o conteúdo que é mais relevante para elas, ao contrário de exibir todo o conteúdo disponível.

 

Mudança do Feed de Notícias do Facebook de 2018

 

Mais recentemente, você deve ter notado uma queda maior no alcance orgânico do seu conteúdo do Facebook por causa de uma mudança importante no algoritmo Feed de notícias do Facebook.
Em janeiro de 2018, de acordo com o diretor de Feed do Facebook, Adam Mosseri, a rede social começou a “mudar de posição para tornar o feed de notícias mais eficiente para conectar as pessoas e menos para gerar consumo de mídias isoladamente”.

Como resultado, o conteúdo de marketing estava pronto para ficar em segundo plano no conteúdo de amigos e familiares, um valor que o Facebook diz ter originalmente e que está tentando resgatar.
A boa notícia em tudo isso é que há o que fazer para neutralizar essas mudanças, como ser mais seletivo sobre o que você publica, prestar atenção em quando você publica e colocar mais dinheiro em suas postagens.

O Facebook define o alcance orgânico como “quantas pessoas você pode acessar gratuitamente no Facebook postando na sua Página”. Antes de 2012, esse número costumava ser muito, muito maior do que é agora.

 

Como lidar com o declínio do engajamento no Facebook?

 

Vamos explorar algumas dicas para lidar com o declínio no alcance orgânico da página.

 

Seja mais seletivo sobre o que você publica.

 

Os profissionais de marketing precisam deixar de lado a publicação frequente e não segmentada, e dar vez à publicação seletiva e segmentada. O objetivo não é mais pulverizar e rezar, mas sim obter o máximo de interação possível em um único post.

Cada postagem publicada em uma página de marca pode ser segmentada para um público específico, independentemente de ser ou não patrocinada. Isso pode melhorar a interação geral com essa postagem, entre as pessoas que provavelmente a acharão mais interessante e relevante.

 

Compartilhe vídeos atraentes no Facebook.

 

Os vídeos no Facebook são envolventes e deixam os visitantes mais propensos a parar, assistir e talvez até ativar o som quando os localizarem no feed de notícias. Use vídeos com legendas, animações e visuais atraentes para chamar a atenção dos usuários do Facebook.

De acordo com um estudo recente da quintly, os vídeos nativos do Facebook têm uma taxa de engajamento 186% maior e são compartilhados mais de 1000% do que os vídeos vinculados a outros sites de hospedagem.

Tome as medidas extras para publicar vídeos para as plataformas nas quais você está promovendo os melhores resultados – distribua seu conteúdo no Facebook, no YouTube e em outras plataformas sociais que você está tentando aproveitar.

 

Transmita no Facebook Live.

 

Se você ainda não estiver fazendo isso, comece a transmitir no Facebook Live. Os usuários gastam três vezes mais tempo assistindo transmissões ao vivo do que os vídeos tradicionais na plataforma, aumentando o engajamento no Facebook desses usuários.

Por isso, comece a experimentar conteúdo ao vivo se você estiver preocupado com seu alcance orgânico. Anuncie o que você está fazendo em diferentes plataformas, transmita por vários minutos (pelo menos) para ajudar sua transmissão a aparecer no Feed de notícias e compartilhe conteúdo autêntico por trás dos bastidores para atrair e interessar seus espectadores.

 

Redistribua seu tempo e esforço para seus ativos de propriedade.

 

Como a única constante com o Facebook (e o panorama da mídia digital) é a mudança, é sempre mais seguro focar nos canais digitais que você possui e controla totalmente – seu website e blog.

Gaste a maior parte do seu esforço na criação de conteúdo (postagens de blog e conteúdo de formato longo, como e-books, estudos de caso ou vídeos), que continuarão acumulando tráfego de entrada, leads e clientes muito depois de serem criados pela primeira vez. Se você tiver tempo e orçamento, impulsione esses recursos com no Facebook para alcance adicional.

 

Comece a tratar o Facebook como uma plataforma de anúncios paga.

 

Se você for pagar para jogar, acerte sua segmentação. Depois de criar um público-alvo de fãs relevantes, concentre-se em anunciar os recursos de conteúdo que você criou – postagens em blogs, e-books etc. – e use anúncios para ampliá-los para usuários segmentados.

Se você acha que o engajamento no Facebook hoje é ruim, lembre-se: é provável que seja apenas uma questão de tempo até que o alcance orgânico alcance zero, portanto, você pode aprimorar sua estratégia paga agora, enquanto há tempo!

 

Se você anunciar, vá além do básico.

 

As capacidades de segmentação do Facebook ficaram consideravelmente melhores nos últimos anos. Agora você pode pagar para alcançar sua persona ideal com base em informações demográficas, interesses, comportamento na web e muito mais.

Além disso, há várias ferramentas e recursos que podem ajudar você a maximizar a eficiência de suas campanhas, incluindo:

• Acompanhamento de conversões: acompanhe as ações dos visitantes do site depois de visualizar seu anúncio do Facebook.
• Públicos-alvo personalizados: segmente anúncios do Facebook com base em sua lista de e-mail.
• Público-alvo: segmente os usuários do Facebook de maneira semelhante aos seus clientes.
• Insights do público-alvo: conheça seu público existente no Facebook para segmentar melhor seus anúncios.
• Públicos-alvo personalizados do website: segmente os usuários do Facebook que já visitaram seu site antes.

Mudanças sempre acontecem e vão continuar acontecendo, mas há sempre uma forma inteligente e estratégica de se consolidar no mercado digital, portanto, adquira conhecimento! Se você não tem tempo ou vontade de se especializar em Marketing Digital, conte sempre com uma boa Agência de Marketing Digital para ajudar na sua empreitada.

Curtiu este conteúdo? Curta e compartilhe com seus amigos!

Clube Sebrae
Gustavo Venancio
Gustavo Venancio Seguir

CEO da About Grow e CMO do Clube Empreendedor.

Ler matéria completa
Indicados para você