[ editar artigo]

Prepare-se para participar de Feiras como Expositor e venda mais!

Prepare-se para participar de Feiras como  Expositor e venda mais!

Antes de falar como sua empresa deve se preparar para participar de feiras como expositor, faz-se necessário contextualizar como este tipo de ação é importante para o seu negócio.

No mercado atual, com aumento da concorrência, muitos clientes só querendo saber de preço, outros muitos clientes mais exigentes, todos conectados na internet em busca da melhor compra, torna-se imperativo fazer diferente para ter melhores resultados.

 

5 Ações de Acesso a Mercados

Diante do cenário apresentado acima, uma das formas possíveis para alavancar os resultados do seu negócio é participar de ações de acesso a mercados, sendo assim, confira a seguir 5 possibilidades para conquistar novos mercados.

  1. Missões/Caravanas Empresariais: são caravanas feitas geralmente por meio de vans ou ônibus com destino a eventos empresarias (exemplo: feiras e exposições);
  2. Grupos Empresariais: são criados para reunir periodicamente empresários com um ou mais objetivos em comum, geralmente tem o objetivo de gerar negócios, parcerias, defender uma causa, trocar experiências e conhecimentos;
  3. Eventos Empresariais: funciona de forma similar aos grupos empresariais, porém, acontecem de forma mais esporádica;
  4. Rodadas/Sessões/Encontros de Negócios: tem como objetivo o encontro entre empresas compradoras e fornecedoras, incentivando a criação de parcerias e a geração de negócios;
  5. Feiras e Exposições: reúne expositores (empresas) de diversos segmentos, possibilitando a exposição, demonstração e comercialização de seus produtos e serviços. Acesse o Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras do Governo Federal e fique por dentro das principais feiras do país.

É importante ressaltar que antes de participar de uma ação de acesso a mercados é necessário que sua empresa esteja preparada para isto.  Faça planejamento estratégico, plano de marketing, plano financeiro e de produção, tenha claro seus custos, capacidade produtiva/entrega e política de preços/recebimento.

Agora, destacarei os benefícios e como a sua empresa deve se preparar para participar de uma das principais ações de acesso a mercado:  feiras e exposições, visto que dentro delas costuma acontecer as demais 4 ações que citei anteriormente.

6 Benefícios de participar de Feiras como Expositor

  1. Realizar negócios: você pode iniciar, encaminhar e/ou concretizar transações comerciais;
  2. Fazer benchmarking com outras empresas: aproveite a feira para visitar outros stands, principalmente da concorrência, tendo como objetivo conhecer as tendências e estratégias utilizadas por outras empresas e, assim, aprimorar as ações do seu negócio;
  3. Desenvolver novos mercados: é possível que você encontre a oportunidade de vender para outros nichos de mercado, seja pela localização, perfil ou necessidade dos potenciais clientes;
  4. Proporcionar maior visibilidade do seu negócio de uma forma mais barata: a organização da feira costuma investir pesado na divulgação da feira, sendo que o investimento acaba sendo rateado entre os participantes, o que permite divulgar a sua marca de uma forma mais barata;
  5. Divulgar a marca da empresa em canais que geralmente não utiliza: como os organizadores de feiras costumam investir em diversos canais de divulgação, é muito provável que sua marca seja divulgada em canais que você nunca utilizou;
  6. Fazer parcerias: na feira você tem a oportunidade conhecer novos fornecedores ou empresas que podem lhe aproximar e indicar potenciais clientes.

7 Dicas de como se preparar para participar de Feiras como Expositor

Para você conseguir usufruir dos benefícios de expor sua empresa em feiras, fique atento as dicas a seguir e saiba como se preparar para expor sua empresa em feiras.

1.Defina o objetivo de forma clara e faça planejamento

  • Levante o máximo de informações sobre a Feira: busque informações essenciais para sua tomada de decisão em participar ou não da feira tais como resultados das edições anteriores, organizador, público, montagem do stand, cronogramas, fornecedores, regras, Wi-Fi, etc;
  • Defina o modelo de atuação e o investimento: conheça os tipos de stands disponíveis, valores e localização, estes aspectos são muito importantes para a definição do investimento que fará;
  • Defina os resultados esperados e faça plano de ação (5W2H):  tenha claro o que você espera alcançar de resultados com a feira, depois elabore um plano de ação para o alcance dos resultados esperados;
  • Faça um checklist de tudo que irá precisar levar: não confie na sua memória, escreva tudo que precisará levar para a feira desde equipe, mobiliário, equipamentos, enxoval de marketing, mimos para os visitantes, etc.

2. Destaque seu Stand

  • Visual Merchandising: capriche no visual do seu stand, destaque dos demais concorrentes, posicione-se de forma estratégica, exponha seus produtos de forma atrativa e chame a atenção do seu público-alvo de forma positiva;
  • Acessibilidade e interatividade: zela pelo conforto e comodidade do seu cliente, cuidado para não criar barreiras que impeçam dele conhecer o seu stand, ofereça recursos como displays, TVs, Tecnologia (touch e QR-Code) e cadeiras/mesas para interação.

3. Saiba “ler” o seu cliente

  • Entenda os problemas, necessidades e desejos dele: pesquise e conheça o público da feira, tenha empatia e saiba o que e como oferecer seus produtos e serviços;
  • Ouça seu cliente: faça venda consultiva, procure ouvir mais do que falar no início da abordagem e ofereça exatamente aquilo que ele procura, geralmente você terá pouco tempo para vender;
  • Ofereça uma experiência única: oferecer uma experiência memorável no atendimento é o primeiro passo para a uma boa venda.

4. Crie um roteiro de atendimento

  • Construa discursos com gatilhos mentais: utilize palavras-chave de forma idônea como “planos especiais”, “restam poucas unidades”, “indicado por especialistas” e “melhor custo/benefício” e atraia a atenção do público;
  • Customize o atendimento: crie um modelo de atendimento customizado, lembre-se que as pessoas esperam algo diferente do que teria indo direto na sua empresa fora da feira, e prepare sua equipe para contornar as objeções dos clientes;
  • Treine e oriente a sua equipe: com base no modelo de atendimento, treine e oriente sua equipe de atendimento, tenha este cuidado principalmente se a equipe for terceirizada;
  • Faça escala de atendimento: prepare a escala da equipe que trabalhará na feira, tome cuidado para os horários de pico e definição de horários de café, lanche, almoço e janta.

5. Faça ações promocionais

  • Ofereça brindes, degustação e voucher: o ideal é que os brindes façam referência ao que sua empresa vende (ex: abridor de garrafa se vender bebidas), a degustação é uma forma do cliente provar o seu produto/serviço e o voucher de desconto com prazo de validade uma forma provocar uma compra futura;
  • Divulgue nas mídias sociais: divulgue nas mídias sociais que sua empresa participará da feira, muitas vezes o próprio organizador da feira oferece materiais promocionais padronizados;
  • Enxoval de marketing (impresso e digital): tenha no stand materiais de marketing que auxiliem na apresentação da sua empresa e do portfólio de produtos e serviços;
  • Uniforme, crachás e cartões de visita: a utilização destes itens demonstram organização e credibilidade da sua empresa.

6. Colete Leads

  • Cadastro: faça cadastro dos visitantes do seu stand em troca da oferta de brindes, sorteios ou descontos na compra de produtos/serviços;
  • Redes Sociais: ofereça formas de os visitantes interagirem com a sua empresa por meio do uso das mídias sociais, por exemplo, conceda de brindes em troca da divulgação de fotos dos visitantes com o uso de hashtags da sua empresa;
  • Cartões de Visita: para aqueles visitantes que não quiserem fazer cadastro, tente conseguir ao menos o cartão de visita para contato.

7. A Feira não acabou

  • Responda: ao término da feira, responda dúvidas, sugestões e pedidos de orçamento por meio dos canais de comunicação da sua empresa (site, mídias sociais, blog, Whatsapp, etc);
  • Mantenha contato: trabalhe o funil de vendas e o marketing de conteúdo para manter contato e relacionamento com os potenciais clientes;
  • Agradeça: agradeça os clientes que visitaram o seu stand e convide para conhecer sua empresa ou canais de venda/relacionamento;
  • Faça pesquisa de satisfação (rápida e simples): faça pesquisa de satisfação online, convide os visitantes do seu stand a responderem, dê a possibilidade do anonimato e utilize os resultados para melhorar sua participação em futuras feiras;
  • Mensure os resultados: verifique se os resultados esperados foram alcançados, em caso negativo, investigue o motivo, aprimore o que não deu certo e avalie a viabilidade de participar de outras edições ou de outras feiras.

 

Clube Sebrae
Rafael Souza
Rafael Souza Seguir

Analista de Negócios e Palestrante do Sebrae-SP no Escritório Regional de São José dos Campos, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios.

Ler matéria completa
Indicados para você