[ editar artigo]

Princípio de Pareto: a chave para aumentar a produtividade da sua empresa

Princípio de Pareto: a chave para aumentar a produtividade da sua empresa

Vilfredo Pareto foi um economista italiano que, ao observar uma plantação de grãos em casa, constatou que 20% das plantas eram responsáveis por 80% da produção de grãos. Ou seja, havia um número pequeno de plantas que produziam uma quantidade enorme enquanto a maioria produzia muito pouco.

Inspirado por essa constatação, ele começou a observar que esse fenômeno de concentração se repetia em diversas áreas.

Porém, somente muitos anos mais tarde essa teoria ganharia um nome oficial. Um consultor chamado Joseph M. Juran, contratado pela GM durante o período da Primeira Guerra Mundial, aprofundou o estudo e criou o “Princípio de Pareto” em homenagem ao economista italiano precursor do estudo.

Esse princípio, também conhecido como Princípio 80/20, afirma que 80% das consequências advêm de 20% das causas. Por exemplo: 80% do lucro de uma empresa é gerado por 20% dos clientes; 80% das vendas de uma equipe comercial advêm de 20% dos vendedores; em 80% do tempo, utilizamos 20% das palavras de determinado idioma; e assim por diante.

Essa proporção nem sempre é exatamente de 80/20, mas o fato é que existe.

E como esse princípio pode influenciar a sua vida e a sua produtividade?

Se levarmos em conta a regra 80/20, podemos dizer que 80% dos resultados que você obtém em seu trabalho, em sua vida, são provenientes de 20% das coisas que você faz.

A chave, portanto, para aumentar a sua produtividade é identificar onde estão esses 20% e neles concentrar os seus esforços.

O problema é que, como não sabemos onde estão esses 20% (leia-se: não termos clareza de nossas prioridades), dispersamos nossos esforços em atividades secundárias e sem importância. Em vez de focarmos naquilo que realmente importa, gastamos energia com coisas que têm pouco valor e não nos fazem avançar para onde queremos chegar.

Para ter uma ideia do poder desse princípio e de como ele pode fazer a sua produtividade aumentar exponencialmente, pense que, se você tem uma lista de dez coisas para fazer, as duas mais importantes valem quatro vezes todas as outras somadas!

No entanto, em vez de se concentrar nelas, o que a maioria faz? Justamente o contrário! Gastam tempo naquilo que é fácil e agradável para ter uma falsa sensação de estar produzindo e procrastinam aquilo que é realmente importante.

Lembre-se: Movimento não é progresso.

Você pode cumprir tarefas o dia inteiro e ainda assim não realizar nada de significante. Por isso, muitas pessoas chegam ao final do dia com aquela sensação: “Corri o dia inteiro e parece que eu não fiz nada”.

Então, uma grande dica que o especialista Brian Tracy dá em seu livro Comece pelo mais difícil: 21 ótimas maneiras de superar a preguiça e se tornar altamente eficiente e produtivo é:

Se você tem que engolir um sapo, não fique muito tempo olhando para ele. Se você tem que engolir dois sapos, comece pelo mais feio.

-Brian Tracy

Ou seja, nunca deixe o mais importante para depois. Não caia na tentação de fazer o que é fácil e agradável só para criar a ilusão de estar produzindo. Comece o seu dia fazendo aquilo que é mais difícil e importante enquanto a sua energia está alta!

Isso porque, quando surgirem imprevistos ou não der tempo de cumprir com todas as suas tarefas, aquilo que deixará de ser feito serão coisas secundárias já que você começou pelas mais importantes.

Fazer as coisas certas é mais importante do que fazer as coisas direito. Não há nada mais inútil do que fazer com grande eficiência algo que não deveria ser feito.

-Peter Drucker

Clube Sebrae
Paulo Machado
Paulo Machado Seguir

Consultor, coach e palestrante. Especialista em Desenvolvimento Pessoal. Autor do livro "O Verdadeiro Sucesso e criador do programa de Coaching Online.

Ler matéria completa
Indicados para você