{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
[editar artigo]

Quero transformar minha empresa em franquia. Quais os manuais devo elaborar?

Olá,

Se você está lendo este post já deve ter lido bastante sobre como transformar sua empresa em uma franquia e chegou na parte dos manuais. Então não vou escrever aqui sobre todo o processo de formatação e focarei apenas nos manuais mesmo.

Se quer saber mais sobre como transformar sua empresa em uma franquia não deixe de ler este post: Como ser um Franqueador.

Para preparar os manuais você deve ter em mente o seguinte: preciso transferir todo o conhecimento que adquiri montando, operando e gerenciando o meu negócio para o franqueado. isto se chama: Transferência de Know-How.

Para fazer a transferência de know-how os instrumentos mais tradicionais são os manuais e assim continuamos usando-os como base desta tarefa. Além dos manuais escritos que estamos todos acostumados a ver (e não ler!) a evolução do sistema de franquias fez com que outros instrumentos fossem inseridos como vídeos, painéis para gestão a vista, fichas de orientação rápida, ferramentas de gestão e até apps.

Escrevo isto para dizer que aqui vamos entender manuais não só como aquelas apostilas impressas mas toda uma série de instrumentos que permitam a transferência do conhecimento e da experiencia adquiridos, ok? Assim os manuais mínimos que deve possuir para entregar para o franqueado são:

Implantação: neste tema deve ser detalhada todo o processo para que ele (o franqueado) possa montar sua unidade envolvendo informações desde as orientações para a escolha do ponto, formalização da empresa, projeto arquitetônico, moveis e equipamentos necessários, formação de equipe, inauguração, entre outros.

Operação: neste tema deve ser detalhada toda a operação do negócio, desde como a unidade deve iniciar as atividades a cada dia, como são procedimentos que acontecem na rotina do negócio, como o estoque deve ser reposto, como deve ser a limpeza da loja, a postura da equipe, etc.

Gestão: lembre-se que é bem possível que o franqueado nunca tenha tido um negócio antes, então precisamos ajuda-lo a aprender como fazer a gestão de sua unidade. Aqui devem ser tratados basicamente a gestão financeira, de recursos humanos e logística.

Marketing e Vendas: nenhum negócio sobrevive se não tiver boas vendas, então é dedicada uma atenção especial a este tema. Devem ser tratadas as estratégicas de marketing locais e sua integração com a estratégia institucional da marca, bem como os procedimentos que promovam o sucesso do desempenho das vendas.

Os manuais devem transferir o know-how para o franqueado para que ele possa atuar seguindo os padrões definidos pelo franqueador e que consiga buscar o mesmo sucesso obtido pelas unidades de referencia.

IMPORTANTE: Na atuação do franqueador nunca pode ocorrer a ingerência sobre o negócio do franqueado, lembre-se que a empresa dele, é dele!

Além dos manuais do franqueado devem ser elaborados também os manuais do franqueador. Estes manuais são os orientadores dos procedimentos que o franqueador deve realizar. Estes manuais não dependem apenas do conhecimento do negócio, mas também de conhecimentos sobre franchising para que a franquia fique bem formatada e torne-se um sucesso.

Antes de partir para a formatação é necessário analise se a empresa pode realmente ser uma franquia, veja como descobrir isto nesta apresentação:

Se quiser saber também sobre os manuais do franqueador ou outros assuntos relacionados a transformação de uma empresa em franquia, faça suas perguntas nos comentários. E se gostou deste conteúdo curte aí, ok?

Para saber mais sobre como ser um franqueador, acesse: franqueador.com

Obrigado e até a próxima!

Erlon Labatut

Erlon Labatut

Consultor Franquias - FRANQUEADOR.COM

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar