[ editar artigo]

Relação com o cliente pode ser tão importante quanto o negócio

Relação com o cliente pode ser tão importante quanto o negócio

Conhecido como o “Rei da Feijoada”, Ater Cristófoli brinca com as próprias barreiras que encontrou no negócio que construiu ao longo de 27 anos, vendendo autoclaves de esterilização que mais pareciam panelas de pressão. Se não fossem as amizades e o relacionamento com o cliente, talvez sua marca já estivesse desaparecido. 

No case apresentado pelo empresário durante o Summit Sebrae PR 2018, ele faz questão de mostrar os erros para destacar os acertos. Mais interessante ainda é o caminho encontrado para acertar e o seu comportamento diante desses cenários.


Depois de virar motivo de brincadeiras, algumas de mal gosto, perante os colegas em eventos e congressos de apresentação de produtos, Ater decidiu atualizar o seu produto e quase quebrou a empresa por orgulho e vaidade. Foi de onde surgiu uma das suas lições: “dinheiro pode quebrar uma empresa”. No caso da Cristófoli – empresa de equipamentos de biossegurança, líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional e exportadora para mais de 30 países-, não quebrou porque o investimento foi baixo e, nesse caso, fez o empresário rever os problemas. 

A empresa não faliu, mas o empresário descobriu mais um aprendizado: buscar a especialização e incluir nesse combo o máximo de informações de pós-vendas que couber no seu know how. Seu conhecimento foi o que o ajudou a superar obstáculos e fidelizar os clientes. Cada vez que seu produto gerar manutenção ou reparo, o cliente precisa estar garantido que você irá resolver o problema. 


Assim, ele aprendeu e hoje ensina mais uma lição: relacionamento. Se o seu cliente confia em você, o negócio torna-se maior que o produto e você passa a entender que o dinheiro não pode ser o foco principal do seu business. Você precisa saber qual é o propósito da sua marca. 

A Cristófoli constatou que precisava de tecnologia para melhorar o produto e criou sua própria fundação de formação de jovens. Além de incentivar e apoiar novas soluções tecnológicas para a sociedade, criou oportunidades profissionais para jovens, que hoje constituem várias empresas incubadas, que recebem assistência e validação da fundação. Em suma, a marca ultrapassou a fabricação de equipamentos para esterilizar aparelhos odontológicos, desenvolveu soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde, descobre e potencializa novos talentos para promover um mundo melhor, através da pesquisa e desenvolvimento de produtos.
 

Clube Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista, MEI e gerente de comunidades do Clube Sebrae!

Ler matéria completa
Indicados para você