[ editar artigo]

Resultado Operacional x Resultado Líquido – Uma simples análise para evitar a falência do negócio

Possivelmente você já viu aquela estatística que mostra que cerca de 60% das empresas fecham as portas em menos de 5 anos de vida, certo?

Pois bem, existe uma forma bastante simples de perceber se o seu negócio está indo bem ou está indo para o buraco.

É óbvio que, de forma sim plista, um negócio fecha as portas porque acabou o dinheiro da empresa. Se não há dinheiro, não há negócio. Simples assim.

Mas podemos aprofundar um pouquinho esta análise e antever problemas em sua empresa. Acompanhe comigo...

Resultado Operacional

Dentro do seu relatório de Fluxo de Caixa, você precisa ter claro o indicador de Resultado Operacional.

O Resultado Operacional é a diferença entre todas as Entradas Operacionais e as Saídas Operacionais.

O que isso quer dizer?

Entradas ou saídas Operacionais são movimentações (entradas ou saídas de dinheiro) que fazem parte da operação do negócio.

Ou seja:

• Receitas de Vendas

• Custos Variáveis

• Despesas Fixas

• Investimentos

Portanto, o Resultado Operacional é calculado desta forma:

Receitas

(-) Custos Variáveis

(-) Despesas Fixas

(-) Investimentos

= Resultado Operacional

Ok, mas o que na prática isso quer dizer?

O Resultado Operacional indica se a operação do seu negócio está saudável ou não.

O Resultado Operacional é o arroz com feijão do negócio. Se você não consegue gerar um saldo positivo no arroz com feijão, você está em maus lençóis!

Assim, o Resultado Operacional SEMPRE TEM QUE SER POSITIVO!

“Quer dizer que se o resultado operacional do negócio está positivo ele não vai quebrar?”

Não necessariamente. Aí entra o Resultado Líquido.

Resultado Líquido

O Resultado Líquido do negócio é a diferença entre todas as entradas e saídas de dinheiro da empresa.

A grande diferença em relação ao Resultado Operacional, é que aqui serão consideradas as entradas e saídas de dinheiro Não Operacionais.

Entradas Não Operacionais – entradas referentes a empréstimos feitos, vendas de equipamentos usados, capitalização dos sócios.

Saídas Não Operacionais – pagamento de empréstimos, juros bancários e por atrasos.

Assim, não é incomum a empresa ter um Resultado Operacional positivo, mas um Resultado Líquido negativo devido a pagamento de empréstimos feitos anteriormente.

Logo, na prática, se o Resultado Líquido é negativo, isso vai diminuindo a sua disponibilidade de caixa cada vez mais.

Análises a serem feitas na prática

Abaixo, de forma simples e direta as avaliações que você deve fazer em relação ao seu Resultado.

>> O Resultado Operacional está positivo? Se sim, significa que a operação do seu negócio está, de alguma forma, saudável;

>> O Resultado Líquido está negativo? Você tem problemas... analise o motivo de estar no negativo

>> O Resultado Líquido é maior que o Resultado Operacional? Tenha atenção! As vezes sua empresa só está com dinheiro porque você captou empréstimos ou os sócios colocaram dinheiro na empresa

Esta simples análise do Resultado Operacional x Resultado Líquido já pode clarear muito sua análise dos resultados da empresa.

Enxergar quão bem (ou mal) está seu negócio e tomar decisões antecipadas pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua empresa.

Para lhe ajudar nesta análise, estamos disponibilizando para você um e-book sobre Fluxo de Caixa.

Basta clicar aqui e você já vai acessá-lo.

Grande abraço e boas análises!

Clube Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você