{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Se você não pode vencê-los, junte-se a eles: Como empresários rivais podem trabalhar juntos?
[editar artigo]

Se você não pode vencê-los, junte-se a eles: Como empresários rivais podem trabalhar juntos?

Se você não pode vencê-los, junte-se a eles: Como empresários rivais podem trabalhar juntos?

Novas ideias, novos públicos e recursos combinados são algumas das razões pelas quais os concorrentes estão começando a unir forças.

Muitos empresários estão deixando de competir com os seus rivais e trabalhando em parceria com eles. Quer se trate de um projeto apenas ou um acordo de longo prazo, estas colaborações tem um ganho de ambos os lados com novos clientes e diminuindo gastos.

Estas empresas que se unem fazem o mesmo produto e, teoricamente, lutam pelo mesmo espaço. Mas trabalham juntos para fazer o seu setor crescer.

Estas empresas se juntam em entidades do setor, como associações, arranjos produtivos locais, sindicatos ou reuniões informais apenas. As colaborações podem assumir muitas formas.

Estas associações resultam em compras conjuntas onde conseguem um melhor preço por se tratar de quantidade, organizam eventos do setor, promovem cursos de capacitação e trocam experiências.

O Compartilhamento de informações com as empresas em um mesmo setor pode ajudar a garantir que todos andem na mesma direção com objetivos comerciais semelhantes. Se a seu setor indústria está bem, isso refletira em seu negocio individual.

Estas parcerias muitas vezes resultam em negócios entre estas empresas, que acabam ficando amigas e parceiras de negócios.

Trabalhar em conjunto aumenta suas redes individuais substancialmente. Esta experiência e muito boa para quem esta ingressando em algum setor, para trocar ideias e ouvir experiências de quem já esta a mais tempo no mercado.

É claro que ha aspectos do negócio que estas empresas não compartilham nestas reuniões, com o precificação e operações . Muitos nichos de colaboração podem ser explorados, como compra de maquinário em conjunto e partilha de conhecimento.

Por um lado, é importante ser prudente e não contar segredos que te separam de seus concorrentes. No entanto, se você pode ajudar a alguém de uma forma que não comprometa a sua empresa ou a sua integridade, do mundo e o mercado em geral ficarão melhores a partir desta interação.

Parece contra intuitivo ajudar um concorrente. No mundo empresarial, no entanto, há uma série de maneiras de ajudar os outros que pode acabar colocando mais dinheiro em seu próprio bolso e gerando melhores práticas para o seu negócio.

A mentoria é umas destas praticas. Sem mentores, as novas gerações de empreendedores não podem florescer, este relacionamento é gratificante para ambas as partes.

Trate com respeito seu concorrente. Você nunca sabe que concorrente pode vir a adquirir sua empresa.

No mundo dos negócios não devemos queimar pontes, principalmente porque você simplesmente não sabe o que vai acontecer com sua empresa no meio do caminho. O Google, por exemplo, já recrutou a ajuda de pessoas mais inteligentes do setor, muitos dos quais vieram de empresas concorrentes de vários tamanhos.

Você nunca sabe para quem você vai estar trabalhando no futuro. Manter todas as linhas de comunicação abertas e amigáveis é uma boa política.

Este portal do empreendedor do Sebrae é uma ótima ferramenta para trocar experiências com seus concorrentes.

Alguém já te ajudou a chegar onde você está? Já teve experiências em entidades de associações, arranjos produtivos, etc? Como foi esta experiência? Comente abaixo para que outros empreendedores se beneficiem destas experiências.

Vera Moraes

Vera Moraes

Consultora - Inventtando

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar