[ editar artigo]

5 dicas para transformar uma ideia em realidade

5 dicas para transformar uma ideia em realidade

O título dessa matéria não faz sentido para as crianças. Afinal, elas transformam qualquer ideia em ação rapidamente. Se tiver a oportunidade, preste atenção em crianças de até uns sete anos brincando em um playground ou pracinha. Você vai notar que elas criam regras e alternativas no meio da brincadeira, todo mundo aceita a nova forma de se divertir, seguem em frente. Mas você tem que prestar atenção. A brincadeira não para por causa das novas regras. Quando muito, diminui um pouco de ritmo.

Aí, crescemos. E, por um determinado período, as coisas ficam complicadas. É a época de criar planos mirabolantes para convidar aquela pessoa especial para sair e nossas cabeças fervilham com “e ses”.

Mais um pouco e a confiança volta. Por um período curto de tempo, mas volta. É a época em que vamos dominar o mundo, ser o próximo Steve Jobs, Elon Musk, ficar multimilionário antes dos 30. Uma época curta em que tudo é possível, apesar de nos bombardearem com a pergunta de alto calibre “como?”.

Na época, porém, achamos que sabemos como. Ou vamos descobrindo conforme avançamos. E assim, muitas empresas nascem no Brasil (e no mundo). E crescem.

A partir do momento que você tem quatro, cinco funcionários, percebe que fazer alguma coisa passa a ser difícil. A primeira barreira a ser ultrapassada é a da dúvida, em suas várias formas:

— O computador não aceita isso, chefe.

— Acho que os clientes não vão gostar.

— Mas podemos gastar dinheiro nisso agora?

— É arriscado, não tem ninguém fazendo isso.

— Não vale a pena, tem concorrente fazendo parecido.

— Legal, mas antes disso, podemos resolver a questão do departamento da Clara que...

— O que que tem eu?

Mas digamos que você superou essa fase e conseguiu que toda a equipe abraçasse a nova ideia. Ainda não é garantia que o projeto saia do papel. As pessoas assumem o compromisso, mas…

— A gente tá tão ocupado que não dá tempo de pensar nisso.

— Não posso entregar minha parte enquanto não tiver os dados do...

— Veja bem, não é má vontade, é que, veja bem…

E assim, muitas ideias e projetos são abandonados. Muitas possibilidades de lucro que poderiam mudar a história de pequenas empresas nunca veem a luz do dia.

Você pode até não achar que é grande coisa no momento. Você pode até lucrar no período. Enquanto isso, seus concorrentes podem estar inovando. E, colocando novas ideias em ação, eles irão, pouco a pouco, ganhar a preferência dos clientes.

Porém, não precisa ser assim. A sua empresa pode ser aquela que está à frente de novas ideias, novos produtos/serviços e novas maneiras de conquistar um cliente.

Ajudá-lo nessa missão foi um dos motivos que nos inspirou a criar uma ferramenta prática. Se você deseja transformar ideias em ações concretas para inovar, aqui está o seu caminho.

Neste guia, falamos sobre como desenvolver um olhar para caçar tendências, como mudar a forma como você pensa em inovação, como promover a inovação a partir da análise de tendências, o que é coolhunting, o que são contratendências e como desenvolver um olhar apurado para caçar tendências.

Ler e ter a ideia, entretanto, é apenas a metade do caminho.

Para complementar o conteúdo que apresentamos no e-book, acompanhe este pequeno guia para garantir que seus conceitos se transformem em ação.

5 dicas para transformar uma ideia em realidade

1 – Coloque a nova ideia na agenda de todos 

Um dos grandes erros é iniciar uma reunião com “tenho algo que quero discutir com vocês”.

Comece garantindo que todos tenham tempo para dedicar ao projeto ou à execução da ideia. Antes da reunião, peça que todos liberem um período de tempo em seu horário de trabalho, dizendo: “Nas próximas duas semanas, preciso que cada um de você libere pelo menos meia hora todo dia em suas agendas para esse projeto”, ou algo similar. Assim, você elimina a desculpa da falta de tempo e mostra que o novo conceito é parte integral da empresa, e deve ser tratado com seriedade.

2 – Documente tudo

As ideias complementares de cada um, suas contribuições, com o que eles se comprometeram. Tudo isso precisa ser documentado. Crie um cronograma para o projeto com uma data limite para colocá-lo em prática.

3 – Estabeleça uma rotina

Se você sempre realiza uma reunião para tratar de assuntos de sua empresa, coloque o novo projeto na pauta o quanto antes. Isso faz com que o entusiasmo pela nova ideia não desapareça e crie um clima para transformá-la em ação. Pense em criar um fluxograma exclusivo para a nova ação para que todos acompanhem o andamento do projeto.

4 – Use e abuse da imaginação

Descreva cenários para sua equipe. Faça com que todos vejam como será a empresa depois que o projeto ou nova maneira de trabalhar for implementada. Quando sentir que é necessário incentivar algum membro, peça-lhe para imaginar as vantagens que terá quando tudo for implementado.

5 – Seja rigoroso com os prazos

Se as pessoas deixam passar um prazo, significa que aquele projeto não é tão importante para elas. E se ninguém se importa com um prazo perdido, significa que, no fundo, ninguém comprou a ideia.

Seja proativo. Quando uma data limite se aproximar, fale com os responsáveis e pergunte como o projeto está indo. Perceba as dificuldades ou os motivos para um possível atraso e coloque tudo de volta nos trilhos. Ao fazer isso, a sua equipe percebe que você está prestando atenção, e considera a participação de todos importante.

E agora?

À primeira vista, todas essas ações parecem tomar muito tempo de seu dia a dia. Mas, ao organizá-las, você perceberá que existe tempo para tudo e, no final, será melhor que a alternativa: ver seu concorrente inovar e crescer enquanto você permanece na mesma rotina, sonhando com o que poderia ter sido.

Além dessas regras, siga o principal mandamento de inovações em sua empresa: continue! Sempre! Se uma ideia implantada não funcionar, tente outra. E outra. A constante busca por algo novo é a única garantia que sua empresa vai continuar a ser relevante para seus clientes.

Quanto antes você introduzir essa busca constante por algo melhor e diferente no DNA de sua empresa, melhor será para todos. E não pense que faltarão ideias.

O Consumer Trend Canvas apresentado em Um guia para identificar e analisar tendências e transformá-las em inovação vai ajudar muito. Mas cada artigo, cada livro que você lê, cada vídeo a que assiste pode gerar novos insights. Inovações sempre aparecem. Esteja pronto para usá-las!

Veja também:

Gostou deste artigo? Acesse clubesebrae.com.br/sebrae-trends/, clique em “seguir” e acompanhe todas as novidades do Sebrae Trends, a sua ponte para um mundo de novas ideias e melhores resultados!

E veja também:

Cobertura NEXT Conference, Hamburgo: o digital é uma me#*$@?

Como o coolhunting e a análise de tendências podem ajudar sua empresa a inovar

Como empresas podem ajudar a mudar o mundo

Vídeo: Os 6 sentidos e as decisões de compra

Quando todos se ajudam todos crescem

Como ajudar seus clientes por meio do marketing de conteúdo

Clube Sebrae
Brasílio Andrade Neto
Brasílio Andrade Neto Seguir

Redator especialista em vendas e marketing

Ler matéria completa
Indicados para você