[ editar artigo]

Cobertura NEXT Conference, Hamburgo: O digital é uma me#*$@?

Cobertura NEXT Conference, Hamburgo: O digital é uma me#*$@?

Se você costuma acompanhar o conteúdo do Sebrae Trends, já sabe que recentemente eu fui a Hamburgo (Alemanha) para cobrir a NEXT Conference especialmente para o Clube do Empreendedor. A NEXT é um evento que movimenta a segunda maior cidade alemã há mais de 10 anos. São dois dias intensos de palestras e workshops que apresentam tendências e debatem os rumos do mercado digital e das transformações que a tecnologia causa em nossas vidas (e, consequentemente, na dinâmica dos negócios).

Leia também: Um olhar sobre tendências direto da Alemanha

O curioso foi o tema da da edição de 2017: Digital Sucks. Algo como “o digital é uma me#*$@”. Curioso porque a gente escuta e fala muito sobre coisas incríveis sendo criadas a partir da tecnologia. Então, qual seria a lógica de falar que o digital é uma porcaria?

Em partes, isso tem a ver com o fato de que estamos descobrindo a tecnologia agora. Não parece, eu sei. Mas perceba que a primeira geração que nasceu no mundo pós-internet está começando a chegar ao mercado de trabalho e a empreender agora.

Ou seja, vivemos em uma grande escola. Bem por isso, erramos e falhamos. Mas seguimos avançando. Às vezes, sem saber muito o que virá a seguir… Mas essa é uma das belezas vida, certo?

Para entender melhor essa ideia, entrevistei alguns palestrantes durante a NEXT. São diretores e analistas de tendências da TrendWatching (principal empresa de análise de tendências do mundo), antropologistas digitais, empreendedores seriais e especialistas em design e inovação. Asseguro que as entrevistas renderam muito!

O resultado é o vídeo que você assiste a seguir. Nossa ideia com ele é propor reflexões que fujam do comum em meio ao caos de informação sobre as tendências que vão impactar sua empresa nos próximos anos. Como disse Thomas Müller, especialista em design e inovação, na verdade, o digital é apenas um meio.

“Nossos focos precisam ser as pessoas, a cultura, a sociedade e seus impactos. Nossas conversas não podem mais começar com: ‘que tecnologia digital devemos usar?’, ‘o que o meio digital pode fazer?’. Toda a questão se trata de usar nossos métodos e de, no fim das contas, desenvolver experiências que impulsionam mudanças. Sim, o meio digital é uma droga, caso você comece a sua mensagem e seu pensamento por ele; mas o digital é ótimo, caso seja usado como um meio para criar lugares, mensagens e experiências melhores para as pessoas.”

Entre os temas abordados no vídeo, estão:

# Como a inteligência artificial está revolucionando a forma como nos comunicamos.

# Uma dica de atendimento para o seu negócio na era da inteligência artificial.

# Por que pequenas inovações são importantes e a verdade sobre transferência de expectativa.

# Uma reflexão sobre como construir uma marca neste mundo novo.

# Como desenvolver um olhar atento para encontrar tendências.

Assista!

Gostou desse vídeo e quer conhecer outras histórias inspiradoras? Veja também:

Vídeo: Como o coolhunting e a análise de tendências podem ajudar sua empresa a inovar

Vídeo: Os 6 sentidos e as decisões de compra

Vídeo: Você já pensou em transformar uma paixão em negócio?

Vídeo: Case Flying Tiger: inspiração para você divertir seus clientes, construir uma marca forte e vender mais

 

 

 

Clube Sebrae
João Guilherme Brotto
João Guilherme Brotto Seguir

Sou um jornalista curioso que descobriu que viajar é uma valiosa fonte de boas histórias. Aqui no Sebrae, meu objetivo é contar histórias inspiradoras sobre empreendedorismo, marketing, vendas, inovação e tendências a partir do que vejo pelo mundo.

Ler matéria completa
Indicados para você