[ editar artigo]

Como os consumidores escolhem marcas de bebidas

Como os consumidores escolhem marcas de bebidas

Continuando o debate sobre como os consumidores escolhem de que marcas comprar, hoje revelarei as descobertas do relatório A Social Media Analysis of Trends in the CPG Industry no que diz respeito a o que os consumidores levam em consideração na hora de decidir de quais marcas de bebidas irão comprar.

Se você não leu os dois primeiros artigos desta série, clique nos links abaixo para ler:

Bebidas: crescimento na busca pelo artesanal e mais saudável

O mercado de bebidas – alcóolicas e não alcoólicas – tem se diversificado muito nos últimos anos. Avaliando as conversas dos consumidores nas redes sociais em relação a esses produtos, o estudo identificou como eles escolhem as bebidas, quais são os ingredientes preferidos e quais são as tendências em alta neste segmento. Acompanhe!

1 – O crescimento das cervejas artesanais

A fermentação tem se destacado entre os tópicos mais abordados nas redes sociais sobre cervejas. Além disso, a adição de sabores como café, frutas e chocolates também domina as conversas sobre essa bebida nestas plataformas.

A citação de cervejas nas redes sociais geralmente vem acompanhada dos seguintes tópicos:

  • Festas
  • Cervejarias
  • Cerveja artesanal

Outra tendência identificada no estudo foram as cervejarias caseiras. Entre os públicos envolvidos nas conversas sobre esse tópico estão os consumidores que buscam outras opções de sabores e qualidade nas bebidas e os que apreciam o processo de fabricação.

Os assuntos mais citados por esses consumidores são:

  • O custo da criação de uma cervejaria caseira.
  • Kits para montar cervejarias caseiras.
  • A qualidade das bebidas fabricadas “em casa”.

2 – Vinho para todas as ocasiões

Assim como as conversas nas redes sociais sobre cervejas têm envolvido o debate sobre cervejarias, quando se trata de vinho, os consumidores estão falando bastante sobre vinícolas.

O estudo identificou um crescente interesse das pessoas em visitar vinícolas – não apenas para comprar bebidas, mas também para se divertir (fazendo turismo ou degustação de vinho).

Quando se trata de eventos envolvendo os debates sobre vinhos nas redes sociais, destacam-se os seguintes tópicos:

  • Melhores vinhos para aberturas em galerias de arte.
  • Vinhos ideais para tomar assistindo TV – sozinho ou acompanhado.
  • Bons vinhos para relaxar em casa. 
  • Benefícios de se tomar vinho.

3 – Bebidas sem álcool – e sem aditivos

Os debates em relação às bebidas não alcoólicas geralmente estão relacionados a três temas:

  • Ingredientes
  • Saúde
  • Preferências

Acompanhando a tendência da busca por uma vida mais saudável, neste segmento os consumidores também têm debatido sobre alternativas naturais nas redes sociais.

Além disso, os clientes também estão conversando bastante sobre o que eles não gostam em bebidas não alcoólicas. O estudo identificou que os ingredientes mais citados como motivadores para não comprar determinada bebida são: aditivos, aspartame, xarope de milho rico em frutose e hormônios.

Analisando as conversas em torno de chás, cafés, sucos e refrigerantes, o estudo identificou que café é a bebida não alcoólica mais comentada nas redes sociais.

E agora?

Agora que você já sabe o que motiva – ou não – os consumidores a escolherem uma marca de bebidas, chega a hora de refletir sobre o posicionamento da sua empresa em relação a esses comportamentos de consumo (esteja sua marca neste mercado ou não).

Neste sentido, apresento a seguir perguntas que podem ajudá-lo a identificar seus pontos fortes e fracos e a pensar no que é preciso fazer para garantir que sua marca seja sempre escolhida pelo seu público-alvo. Tome nota!

Para empresas que atuam no mercado de bebidas:

  • Nossos produtos estão alinhados a essas preferências?
  • Se não, o que é possível fazer para adequá-los?
  • O que nossos clientes pensam sobre tudo isso?
  • Como podemos descobrir quais são as preferências e necessidades dos nossos clientes e prospects?
  • O que podemos fazer para incluir nossos consumidores no processo de desenvolvimento de produtos alinhados ao que eles buscam e desejam?

Para empresas de outros mercados:

  • Como podemos adaptar essas preocupações ao nosso mercado?
  • Quais são os valores, os princípios e as preocupações comuns aos nossos clientes?
  • Nossos produtos, serviços e soluções estão alinhados a tudo isso?
  • Se não, o que podemos fazer para mudar esse cenário?

Agora, é com você!

Use esse roteiro como ponto de partida para definir sua própria linha de debate e apoie-se nessas conversas com sua equipe para estabelecer quais serão os rumos da sua empresa daqui em diante.

Sucesso!

Você vai descobrir no próximo artigo...

Como os consumidores escolhem marcas de materiais de limpeza.

Saiba mais

Para ter acesso a mais informações e dados sobre tendências de consumo, veja também:

Sua ponte para um mundo de histórias inspiradoras e boas ideias para o seu negócio

Fique por dentro das principais tendências seguindo o grupo Sebrae Trends. Para isso, basta clicar aqui.

Clube Sebrae
Francine Pereira
Francine Pereira Seguir

Jornalista baseada em Tóquio (Japão) e caçadora de tendências do Sebrae Trends.

Ler matéria completa
Indicados para você