[Vídeo] Conheça a brigadeiria brasileira que conquistou Amsterdam
[ editar artigo]

[Vídeo] Conheça a brigadeiria brasileira que conquistou Amsterdam

Essa história começa em 2012, em uma viagem de férias dos amigos e hoje sócios Ricardo Koji e Renato Poletto.

Na época, os publicitários trabalhavam em grandes agências em São Paulo, tinham bons cargos, mas não se sentiam realizados. Estavam incomodados, insatisfeitos e inquietos. Faltava algo. E era preciso mudar.

Um dos pontos positivos de qualquer crise, seja ela econômica ou pessoal, é que ela nos transforma e desperta à ação.

O desejo de mudar de vida e a vontade de empreender contribuíram para que, ao caminhar pelas ruas de Amsterdam durante um período férias, o insight viesse.

Foto: João Guilherme Brotto

Por que não abrir uma loja de brigadeiros em Amsterdam?

Ao voltar para suas rotinas em São Paulo, Ricardo e Renato apresentaram a ideia a André Credie, o terceiro sócio e nosso entrevistado no vídeo que você vai ver abaixo.

Foram dois anos de planejamento e estudos de mercado até a Sweet Bob abrir suas portas às beiras de um canal no charmoso bairro de Jordaan, em 2016. O cenário não podia ser mais apropriado.

Foto: Divulgação

Mas os detalhes dessa história vou deixar para o próprio André contar. Nós fomos até Amsterdam conhecer a Sweet Bob e produzimos um vídeo para compartilhar com você os desafios, aprendizados e ensinamentos de três brasileiros empreendendo no exterior.

Entre os temas abordados no vídeo, estão:

  • Internacionalizando o brigadeiro e exportando a cultura do Brasil para o mundo.

  • Respeito ao paladar e às tradições brasileiras e locais.

  • Como transmitir felicidade e acolhimento em uma loja.

  • Se cada vez mais as pessoas vão comprar online, que motivos elas terão para ir até sua loja?

  • Como se destacar em um mercado desconhecido e altamente competitivo.

  • Ações de marketing conectadas com o conceito da marca.

  • Sobre canais de vendas e a loja como um meio, não um fim.

  • O choque cultural, o aprendizado diário e a importância de manter a mente aberta.

  • Ingredientes fundamentais para o sucesso.

  • Dicas para quem pensa em empreender fora do Brasil.

  • A loja como um ponto de encontro e de conexão.

Assista ao vídeo: 

Você tem o sonho de empreender no exterior?

Segundo o Itamaraty, atualmente mais de 20 mil brasileiros estão empreendendo no exterior. O “ranking” de países escolhidos por nossos compatriotas tem Estados Unidos no topo (com 9 mil empreendedores brazucas), seguido por Japão (1.500) e França (1.300).

Pensando em ajudar essas e outras pessoas interessadas em empreender no exterior, o Itamaraty criou uma série de guias com orientações para brasileiros residentes fora do Brasil que desejem iniciar ou aprimorar seus pequenos e médios empreendimentos comerciais.

São 16 cartilhas que você pode acessar aqui. Elas reúnem informações detalhadas sobre 13 países (Alemanha, Bélgica, Chile, Estados Unidos, França, Luxemburgo, Irlanda, Itália, Japão, Países Baixos, Reino Unido, Suíça e Suriname), além dos estados de Nova Inglaterra e Flórida, nos EUA, e a província de Quebec, no Canadá.

Foto: João Guilherme Brotto - interior da Sweet Bob

De acordo com o Itamaraty, “os guias foram elaborados com base num amplo levantamento efetuado pela rede de consulados e setores de promoção comercial do Itamaraty ao redor do mundo, e trazem informações e orientações sobre providências para abertura de negócio; legislação fiscal, trabalhista, alfandegária, migratória; oferta local de assistência jurídica, contábil e fiscal e de capacitação empresarial e profissional; a montagem de plano de negócios; abertura de lojas físicas; comércio eletrônico; mercado de massa e nichos de mercado; cultura empresarial local, e suas diferenças e peculiaridades em relação ao Brasil.”

Equipe do Sebrae Trends com o André Credie

Gostou desse vídeo e quer conhecer outras histórias inspiradoras? Veja também:

 

Clube Sebrae
João Guilherme Brotto
João Guilherme Brotto Seguir

Sou um jornalista curioso que descobriu que viajar é uma valiosa fonte de boas histórias. Aqui no Sebrae, meu objetivo é contar histórias inspiradoras sobre empreendedorismo, marketing, vendas, inovação e tendências a partir do que vejo pelo mundo.

Continue lendo
Indicados para você